Lugar do Desenho comemora centenário de Júlio Resende

Centenário Júlio Resende - novembro 2018

O centenário do nascimento de Júlio Resende foi comemorado na Fundação do mestre / Foto: Tiago Santos Nogueira

O último dia do mês de outubro encerrou, no Lugar do Desenho, as comemorações do centenário de nascimento de Júlio Resende.

Júlio Resende deixou uma obra de pintura vastíssima, desenvolvida entre os anos 30 do século XX e a primeira década do século XXI. A inauguração do Lugar do Desenho – Fundação Júlio Resende, projetado pelo arquiteto José Carlos Loureiro, remonta ao ano de 1997 e localiza-se junto à casa-atelier do artista. A 31 de outubro de 2018, encerraram-se as comemorações do centenário de nascimento do pintor no “seu” Lugar do Desenho, onde constavam várias coleções: as portas da perceção, pintar com Resende e Vivências de Paris.

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, esteve presente na iniciativa e destacou a importância da obra de um dos maiores artistas portugueses dos tempos modernos, apelidando-o de “mestre” e atribuindo significativo relevo ao facto de o dar a conhecer a públicos mais novos. “Temos artistas portugueses extraordinários. Temos uma dimensão extraordinária para o país que somos e Júlio Resende é um bom exemplo dessa monumentalidade”, realçou Graça Fonseca.

Uma última nota para as palavras de Luís Filipe Araújo, vice-presidente e vereador da Cultura do Município, que nos revelou que “vivemos tempos de alguma desorientação”, sendo necessário valorizar mais a cultura, até porque “grande parte dos nossos valores residem em pilares culturais”.

, , , ,