Mais de 4000 aves “invadiram” Gondomar

O Multiusos recebeu mais de 4000 aves / Foto: Pedro Santos Ferreira

O Multiusos recebeu mais de 4000 aves / Foto: Pedro Santos Ferreira

Vários milhares de aves tomaram conta do Pavilhão Multiusos de Gondomar, de 8 a 10 de novembro, naquele que foi o 18.º Ornishow Internacional do Douro. A ornitologia assumiu o destaque na exposição que marca também uma competição dos criadores de aves.

António Rosa, o ‘Mourinho dos Gold’ foi mais uma vez o campeão das aves nesta edição do Ornishow, em Gondomar. Com 46 prémios em diversas categorias, destaca-se o melhor ‘diamante de Gould’.

Para a organização, na pessoa de Amílcar Dias, esta foi a “maior exposição” de aves alguma vez organizada em Gondomar como, aliás, “tem sido hábito”. “Tem vindo sempre a crescer. É mais um ano de crescimento. Por estranho que possa parecer, olhando às circunstâncias económicas do país, este ano foi o ano em que mais crescemos em número de expositores e de aves. Este ano temos mais mil aves do que no ano passado”, refere o organizador.

São 4300 aves, todas em competição e há algumas, mais raras, que apenas se expuseram para o Ornishow.

Já Carla Costa, visitou pela primeira vez a exposição. “Vim porque nunca tinha visto. Sou daqui e acho isto interessante. Há pássaros aqui que nunca vi”, refere.

No Ornishow, quem nunca falta é Alexandre Brito, criador de aves e fundador do Clube de Canários de Postura de Valongo. “Estou aqui como criador e sócio n.º um. Venho todos os anos. Esta exposição é sempre valiosa seja para o concelho como para as pessoas que vêm de fora”, explica Alexandre.

,