Mais de 90 mil pessoas passaram pelo Lugar do Desenho de Júlio Resende

Câmara deve 62 mil euros à instituição

O espólio de Júlio Resende, exposto no Lugar do Desenho é de “grande valor” para Guilherme Figueiredo mas não traz receitas para a fundação que conta com mais de uma década de existência. Para sobreviver, a instituição conta com o apoio dos “Amigos da Fundação”, uma rede de mecenas criado para ajudar o Lugar. No entanto, na opinião do presidente do Conselho de Administração “é necessário um apoio maior externo à Fundação.” “A própria Câmara Municipal de Gondomar tem uma dívida para connosco de cerca de 62 mil euros e que para nós era absolutamente essencial que fosse paga”, refere.

Relativamente à dívida, Guilherme Figueiredo explica ao Vivacidade que já “houve uma reunião com o novo presidente da Câmara e com o vereador da Cultura” e que “ficaram de avaliar as questões quer do pagamento da dívida protocolada quer do ponto de vista de um outro tipo de apoio que pudesse ser dado pela Câmara.”

A dívida deve-se a um apoio que foi protocolado para a construção de umas oficinas da Fundação e da qual a Câmara apenas liquidou, até ao momento, 50%.

“Estamos esperançados”, comenta o presidente da Fundação, a respeito do pagamento da dívida para breve.

Da parte do atual executivo a questão é vista da mesma forma. “O atual Executivo assume que há uma dívida para com a Fundação, uma vez que o protocolo estabelecido com a instituição não estava a ser cumprido”, explica uma fonte do Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Gondomar. “A Câmara já reuniu com responsáveis da instituição, tendo assumido, em nome da instituição que é e do seu valor patrimonial e, sobretudo, artístico, o pagamento da dívida. A questão ficará esta ano, de 2014, resolvida”, garante a mesma fonte.

As obras de Júlio Resende encontram-se em exposição permanente no Lugar do Desenho, localizado na rua Pintor Júlio Resende, 346, Valbom. O preço de entrada é um euro.

, , ,