Maria Inês Rodrigues conquistou menção honrosa nos “Nobel da Educação”

Maria Inês Rodrigues - maio 2019

A professora Maria Inês Rodrigues foi uma das professoras galardoadas / Foto: Direitos Reservados

Inês Rodrigues, professora no Agrupamento de Escolas n.º 1 de Gondomar, venceu a única Menção Honrosa no concurso “Global Teacher Prize” Portugal 2019, prémio que distingue os melhores professores nacionais. A professora foi distinguida pela técnica de ensino “Project BasedLearning”.

A professora Maria Inês Rodrigues, natural da Maia e colocada em Gondomar este ano letivo, foi uma das 10 finalistas do “Global Teacher Prize” Portugal 2019. A docente foi distinguida pela aplicação da técnica de ensino “Project BasedLearning”, uma técnica moderna de ensino que aposta em vivências práticas. A técnica, aplicada desde a educação infantil à universitária, também pode ser chamada de “Problem Based Learning” (aprendizagem baseada na resolução de problemas). O modelo, replicável em qualquer escola, foi já implementado em quatro escolas na Guiné-Bissau, desenvolvidas por turmas em escolas diferentes, e por uma escola em Moçambique.

“Esta metodologia surgiu há oito anos. A técnica é aplicada dando aos alunos um problema real, onde eles têm que encontrar uma solução utilizando todos os conteúdos que aprenderam durante o seu período formativo. No fundo, pretende-se que eles entendam a utilidade dos conceitos que aprendem em contexto de aua. Isto é, apliquem a parte prática destes conceitos”, começa por explicar Maria Inês Rodrigues.

Ao Vivacidade, a professora mostra-se satisfeita com a menção honrosa obtida nos “Nobel da Educação”, mas atribui o mérito principal aos seus alunos. “Os projetos são feitos, por norma, entre o primeiro e o segundo períodos, depois, na pausa letiva do segundo período vou a África, levo comigo os protótipos e implemento-os junto dos mais carenciados. Este ano criamos uma lâmpada que reutiliza o plástico, juntamente com um pequeno sistema elétrico. A mais-valia que trouxe foi a capacidade de iluminar à noite”, afirma Maria Inês Rodrigues.

Além da menção honrosa, a docente venceu também um prémio no valor de cinco mil euros que, de acordo com a própria, poderá vir a reverter no investimento na criação de um equipamento portátil de reconversão do plástico.

“Vou aguardar por setembro para saber onde irei aplicar este dinheiro. Gostava de desenvolver um kit transformador de plástico de forma a poder levá-lo comigo nas minhas demonstrações deste projeto às escolas. Esse era o meu desejo, mas vou esperar por setembro”, conclui.

O “Global Teacher Prize”, promovido pela Fundação Varkey, é reconhecido como o “Nobel da Educação” e premeia professores em 120 países. Dirigido a todos os docentes que exerçam a profissão, desde o pré-escolar ao 12.º ano de escolaridade, o prémio deste ano foi atribuído Rui Correia, professor das Caldas da Rainha, que levou para casa um prémio monetário de 30 mil euros.

Município homenageou professora
No dia 14 de maio, a Câmara Municipal de Gondomar homenageou Maria Inês Rodrigues pela Menção Honrosa conquistada no “Global Teacher Prize” Portugal 2019. Através deste gesto, o Município quis dirigir uma palavra de reconhecimento a todos os professores que atuam no concelho.

, , , ,