Meia Maratona D’Ouro Run contou com 2700 participantes

Douro Run - junho 2018

A 5ª Meia Maratona D’Ouro Run Gondomar contou com 2700 participantes / Foto: Pedro Santos Ferreira

Pedro Magalhães foi o vencedor da Meia Maratona D’Ouro Run Gondomar. O atleta da Associação Mondim Atletismo terminou a prova em 1h14m08s. A 5ª edição contou com 2700 participantes. 

À 5ª edição a chuva. Foi assim a Meia Maratona D’Ouro Run Gondomar deste ano, que teve lugar a 10 de junho, na marginal do concelho.

As condições meteorológicas invulgares no histórico da prova afastaram centenas de atletas e caminhantes inscritos, mas, por outro lado, contribuíram para várias reduções de marcas pessoais e da prova.

Pedro Magalhães, da Associação Mondim Atletismo, sagrou-se vencedor na categoria dos 21 quilómetros. No escalão feminino, a medalha de ouro foi para a atleta Elisabete Pereira, do Recreio Desportivo de Águeda.

Por sua vez, na mini-maratona (10 quilómetros) sagraram-se vencedores José Pires, da Sociedade Recreio Cepanense, e Liliana Rocha, da RunRiver – Escola Atletismo de Rio Tinto [ver caixa].

Para Carlos Ferreira, da EventSport, empresa responsável pela organização da corrida, esta edição “foi um grande sucesso”. No total, participaram 2700 atletas e caminhantes, menos de 400 em comparação com a edição anterior. Para isso, terá contribuído a chuva que se fez sentir no dia da prova. Contudo, o número de inscritos chegou perto dos 3000.

“Na prova, continua a destacar-se a preferência pela meia-maratona, com uma participação reforçada de atletas estrangeiros. Tivemos entre nós brasileiros, espanhóis, franceses, belgas, ingleses… tudo isto resulta de um trabalho exaustivo de divulgação da prova ao longo do ano”, explica o mentor da D’Ouro Run.

Ao nosso jornal, Carlos Ferreira admite que a prova ainda pode crescer, “sobretudo na caminhada”, categoria que ainda pode atrair mais gondomarenses. “A D’Ouro Run vai realizar-se sempre na segunda semana de junho. Importa marcar a prova no calendário dos atletas e acreditamos que até à 10ª edição é perfeitamente possível conseguir passar à entrega de prémios monetários”, conclui o organizador.

“É uma prova única com uma paisagem ímpar”
Ao Vivacidade, Sandra Almeida, vereadora do Desporto do Município de Gondomar, faz um “balanço muito positivo” da mais recente edição da Meia Maratona D’Ouro Run. A autarca considera a prova “única, com uma paisagem ímpar”.

“Infelizmente, este ano não fomos brindados com sol e céu limpo, mas esta edição acabou por se diferenciar das anteriores. Registamos a alegria com que as pessoas percorreram a marginal de Gondomar e consideramos que a D’Ouro Run já é uma referência no calendário anual dos praticantes desta modalidade. O concelho não tinha nenhuma prova deste género e passou a ter”, sintetiza Sandra Almeida.

Vencedores querem defender títulos em 2019
José Pires, Sociedade Recreio Cepanense, vencedor da mini-maratona:
“Esta é a primeira vez que participo nesta prova. O percurso é excelente, apesar dos altos e baixos. Bater o recorde da prova também foi importante e no próximo ano tenciono repetir a presença”

Liliana Rocha, Run River – Escola Atletismo de Rio Tinto, vencedora da mini-maratona:
“Esta é a primeira vez que participo e estreei-me logo com uma vitória. As condições meteorológicas também ajudaram muito a minha prestação”

Pedro Magalhães, AMA – Associação Mondim Atletismo, vencedor da meia-maratona:
“Esta é a segunda vez que participo e é a primeira vez que venço. No ano passado, fiquei em 2.º classificado. Felizmente consegui uma grande redução no meu tempo e foi muito bom”

Elisabete Pereira, Recreio Desportivo de Águeda, vencedora da meia-maratona:
“Foi a primeira vez que participei na D’Ouro Run. Venho de uma lesão muito longa, mas correu tudo bem e a organização está de parabéns”

Corrida da República já tem data
Já pode marcar no calendário a data da próxima edição da Corrida da República, em Rio Tinto. A prova com o selo da EventSport vai realizar-se a 30 de setembro, pelas 10h, com partida junto ao Largo do Mosteiro.

, , , ,