Minas do Portal começam a ser exploradas

Exploração e cartografia das minas já começaram / Direitos Reservados

Exploração e cartografia das minas já começaram / Direitos Reservados

Vereador Joaquim Barbosa apresenta projeto para aproveitamento cultural e turístico do lugar

O vereador da CDU, Joaquim Barbosa, pretende apresentou à Câmara Municipal de Gondomar um projeto de aproveitamento histórico, cultural e turístico do lugar e das minas do Portal, na Freguesia da Lomba. A ideia é “dar a conhecer o património histórico” do local e a exploração e cartografia já começaram.

As minas e o lugar do Portal pertencem à freguesia da Lomba. Joaquim Barbosa explica aliás que “o lugar do Portal tem origem no fim da última concessão, em meados do século passado, por doação de terrenos ao último guarda das minas que foi, na verdade, o primeiro morador. Todos os moradores atuais são descendentes desse guarda”.

Com o objetivo de investigar e estudar o património das minas e do lugar, o vereador deu início, em janeiro, à primeira visita às minas da Lomba. Com a primeira exploração, apenas se pretendeu conhecer e proceder à referência geográfica de algumas das entradas conhecidas. Posteriormente, já foi feita a cartografia de uma das minas.

“O facto de não ter vencido as eleições não impede os eleitos de tentarem cumprir o programa que submeteram aos eleitores. Como o projeto inicial não tem quaisquer custos para o município, não precisava sequer da deliberação da Câmara. A proposta para a continuação do projeto – investigação arqueológica, histórica, aproveitamento turístico, etc. -, que por certo deverá merecer o empenhamento da câmara, será apresentada a seguir”, explica ao Vivacidade Joaquim Barbosa. Para o autarca, o complexo mineiro do Portal “para além do conhecimento da história em si mesmo, como um valor cultural intrínseco, pode e deve ser enquadrado no desenvolvimento do concelho através do turismo, ideia também partilhada pela maioria que venceu as eleições”.

, , ,