Moçambique estreita relações com Gondomar

Marco Martins recebeu a embaixadora nos Paços do Concelho

Marco Martins recebeu a embaixadora nos Paços do Concelho

Embaixadora esteve de visita ao concelho durante dois dias

A embaixadora da República de Moçambique, Fernanda Lichale, esteve, nos dias 7 e 8 de maio, de visita ao concelho de Gondomar. Marco Martins, presidente da Câmara Municipal, recebeu a representante africana nos Paços do Concelho.

O Seminário Moçambique “Oportunidades de Investimento num País em Franco Desenvolvimento, Uma Janela para Gondomar” que decorreu a 8 de maio, na Sala D´Ouro do Multiusos de Gondomar, foi o mote para a visita de Fernanda Lichale a Gondomar. A embaixadora extraordinária e plenipotenciária da República de Moçambique em Portugal, foi a convidada de honra de Marco Martins e prometeu estreitar as relações com o Município.

A cerimónia de receção à representante foi a 7 de maio na Câmara Municipal e o edil camarário dedicou algumas palavras à embaixadora. “Esta vinda aqui é muito importante para nós. Gondomar é um Município da primeira coroa da Área Metropolitana do Porto com 168 mil habitantes. Apesar de termos uma taxa de desemprego na ordem dos 19% temos empresários com vontade de investir e que quer progredir e insistir no país e no concelho. A sua visita é para nós de máxima importância. Hoje vai visitar uma escola de formação profissional, o CINDOR, que é um orgulho para nós e que tem ganho vários prémios internacionais. Segue-se a visita à empresa Topázio, de Valbom. A nós cabe-nos estabelecer pontes e relações com os empresários”, referiu, na cerimónia, Marco Martins.

Já Fernanda Lichale agradeceu a receção e devolveu alguns elogios ao município. “Agradeço a vossa recepção e hospitalidade. Esta é a primeira visita que faço ao Município de Gondomar. Estou em Portugal há um ano e dois meses. A nossa vinda serve para estreitar laços e encontrar novos caminhos em Gondomar, através de parcerias. Moçambique está aberto a Portugal e a Gondomar. Gondomar pode fazer muito em vários campos. Existem imensas possibilidades por explorar. É preciso pôr em prática as nossas intenções e superar as dificuldades e desafios que nos são colocados. Abrir as portas da melhor forma possível é a nossa tarefa”, indicou.

, , , ,