Município apresentou Parque Urbano de Rio Tinto

Marco Martins apresentou o Parque Urbano de Rio Tinto / Foto: Direitos Reservados

Marco Martins apresentou o Parque Urbano de Rio Tinto / Foto: Direitos Reservados

O Parque Urbano de Rio Tinto foi apresentado a 19 de maio, na rotunda das Piscinas. A obra com 36.500 metros quadrados representa um investimento de 2,6 milhões de euros suportados pela autarquia.

“Dissemos, em campanha, que íamos parar com o betão. É o que estamos aqui a fazer, parar com o betão no centro de Rio Tinto”, afirmou Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar.

O edil gondomarense começou por recordar a história da freguesia, o entubamento do rio, em 1996, a destruição do mercado, em 2002, e o projeto da construção de quatro torres no terreno da feira, em 2010, que foi chumbado pela CCDR. Já em 2012 foi apresentado outro projeto, também de construção em altura, no terreno contíguo à Avenida de Rio Tinto, que “felizmente não avançou”.

“Tivemos de resolver problemas, revogar o plano de pormenor para aqui aprovado, esperar pela aprovação de um novo Plano Diretor Municipal, adquirir terrenos e esperar pelo visto do Tribunal de Contas que afasta qualquer dúvida ou suspeita que se possa colocar”, destacou Marco Martins.

A apresentação formal do projeto foi feita por Luís Filipe Araújo, vice-presidente da Câmara Municipal de Gondomar, que não hesitou em classificar a iniciativa como um “salto civilizacional” para a freguesia e as suas gentes.

O projeto esteve exposto na Junta de Freguesia, no Centro Cultural, no Parque Nascente e na Escola Secundária de Rio Tinto para acolher contributos e ideias dos riotintenses até ao dia 6 de junho.

, , ,