Município assinou contratos de cooperação com o movimento associativo

Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar / Foto: PSF

Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar / Foto: PSF

A Câmara de Gondomar assinou, a 14 de outubro, os contratos de cooperação com 167 instituições do concelho no âmbito do Programa de Apoio ao Movimento Associativo do concelho.

As 167 instituições sociais, culturais, desportivas e socioeducativas do concelho receberam da Câmara Municipal de Gondomar um apoio total de 750 mil euros, entregue na cerimónia realizada a 14 de outubro no Auditório Municipal de Gondomar.

Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar, e o restante executivo municipal, acompanhado por Manuel Pinto, presidente da Federação das Coletividades do Concelho de Gondomar, entregaram individualmente os contratos de cooperação aos dirigentes associativos e institucionais de Gondomar.

“Queremos agradecer-vos pelo que fazem diariamente pela cultura, pelo desporto e pelo recreio e apoio social em Gondomar. Sem vocês o concelho não seria o que é hoje e estamos aqui para assinalar isso”, começou por dizer o edil gondomarense.

Ao movimento associativo, Marco Martins deixou ainda a promessa de pagar a totalidade dos apoios financeiros até ao final do ano, “apesar das dificuldades financeiras que o Município atravessa”.

O autarca prometeu também disponibilizar, no próximo ano, duas viagens por ano a cada associação de Gondomar, “com recursos da autarquia ou recorrendo ao serviço de aluguer” e recordou a existência de um gabinete municipal “ao dispor do movimento associativo”.

“Queremos realizar um trabalho em rede e sem vocês o concelho não seria o que é hoje. Estamos aqui para assinalar isso”, conclui o presidente da Câmara de Gondomar.

, , , , , , , , , , , , ,