Município avança com abate zero até 2018

CROAG - janeiro 2017

Centro de Recolha Oficial de Gondomar, em Fânzeres / Foto: Arquivo Vivacidade

Até 2018, a Câmara Municipal de Gondomar quer implementar o fim do abate no canil municipal. A medida será também acompanhada pela implementação de um novo gatil e canil no concelho.

 “Abate zero no canil municipal”. Este é o compromisso que o Município de Gondomar quer ver cumprido até 2018. A medida avançada pelo vereador do Ambiente da Câmara de Gondomar, José Fernando Moreira, visa o fim da ocisão, medida que ainda é praticada no concelho.

“Uma das nossas prioridades para 2017 reside na adaptação à lei em vigor, que proíbe, a partir de setembro de 2018, o abate de animais saudáveis. O Município está a trabalhar para que nessa data possa cumprir na íntegra essa medida”, afirma o autarca, em declarações ao Vivacidade.

A aposta da Câmara de Gondomar reside também no reforço da sensibilização para adoção de animais no Centro de Recolha Oficial de Gondomar (CROAG), estando em vista uma campanha de oferta de vacinação, identificação animal, desparasitação e esterilização, após a adoção.

“O objetivo passa por diminuir os custos associados à adoção de animais. Além disso, estamos a protocolar um apoio 24h por dia com clínicas e hospitais veterinários, para que os animais possam ser imediatamente encaminhados para os primeiros socorros”, aponta José Fernando Moreira.

O Município está também prestes a ultimar um protocolo com a Associação Vivanimal que visa a criação de um gatil, no terreno do Ecocentro da Granja, em Rio Tinto. O espaço vocacionado para a receção de gatos abandonados terá ainda a capacidade de acolher cerca de 10 cães, contudo, segundo José Fernando Moreira, não deverá interferir com o bem estar dos moradores da zona envolvente.

“Não invertemos prioridades. O bem-estar humano está acima do bem-estar animal, por isso esperamos que este novo espaço não cause perturbação à vida pública”, refere o vereador da Câmara de Gondomar.

O Alto Concelho também deverá ter um espaço destinado ao acolhimento de cães abandonados. O albergue deverá contar com “um hospital veterinário disponível 24h por dia e um crematório individual”, num projeto realizado em parceria com a Associação Animais da Quinta.

Desfile de carnaval dedicado aos animais
A Câmara Municipal de Gondomar e a Associação Animais da Quinta vão promover, no dia 25 de fevereiro, pelas 14h, um desfile de carnaval canino. A ponto de encontro será o Centro de Educação Ambiental da Quinta do Passal, enquanto o desfile irá percorrer a margem ribeirinha do rio Douro.

, , , , , , ,
Um comentário em “Município avança com abate zero até 2018

Comments are closed.