Município cedeu Escola de Santegões à Fundação Nuno Silveira

Escola de Santegões - abril 2017

A Escola de Santegões foi cedida pelo Município de Gondomar / Foto: Direitos Reservados

A Câmara Municipal de Gondomar cedeu, no dia 6 de abril, a Escola de Santegões à Fundação Nuno Silveira. A instituição vai criar naquele espaço um Centro de Atividades Ocupacionais para pessoas com deficiência. 

A Fundação Nuno Silveira e o Município de Gondomar assinaram um Contrato de Comodato da Escola de Santegões (Rio Tinto) para a criação de um Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) para prestar apoio aos jovens e adultos com deficiência mental e outras incapacidades. O projeto visa ainda o desenvolvimento e manutenção das autonomias pessoais, sociais e o equilíbrio biopsicoemocional dos seus utentes.

Neste contexto, a Câmara Municipal de Gondomar cedeu o equipamento por um prazo de 50 anos à Fundação Nuno Silveira, que implementará na freguesia de Rio Tinto mais uma resposta social.

“Esta será um serviço fundamental e que já tardava em ser implementado nesta freguesia. Detetamos esta necessidade ainda durante a campanha eleitoral de 2013 e após falarmos com várias instituições decidimos dar uma resposta em conjunto”, afirma Nuno Fonseca, presidente da Junta de Rio Tinto.

O processo que teve início no final do ano passado culmina agora com um investimento de 600 mil euros, que irá permitir a reabilitação e readaptação da Escola de Santegões.

O equipamento deverá ficar concluído em (confirmar) e terá a capacidade para receber 32 utentes diários e 30 formandos nas oficinas de atividades.

, , , ,