Município já investiu mais de quatro milhões nas escolas e parques infantis

Investimentos nas escolas e parques infantis - janeiro 2017

O pavimento do pavilhão da EB 2,3 de Rio Tinto foi uma das intervenções promovidas pelo Município / Foto: Pedro Santos Ferreira

Desde que tomou posse, em 2013, o atual executivo municipal já investiu mais de quatro milhões na reabilitação e beneficiação de equipamentos escolares, parques desportivos e parques infantis. Ao Vivacidade, Aurora Vieira, vereadora da Educação da Câmara de Gondomar, afirma, contudo, “que ainda há muito por fazer”.

Após um início de mandato conturbado na área da Educação, com manifestações de algumas Associações de Pais do concelho e um atraso no início do ano escolar, em 2014, causado pelo atraso na operação de remoção de amianto nas escolas de Gondomar, o executivo municipal leva já mais de quatro milhões de euros investidos nestes equipamentos.

Ao nosso jornal, Aurora Vieira, vereadora responsável pelo pelouro da Educação na Câmara Municipal de Gondomar, começa por lamentar as “graves deficiências nas intervenções das Escolas Básicas (EB) 2,3 Júlio Dinis (São Cosme) e de Rio Tinto”, iniciadas no mandato anterior.

“Depois da tomada de posse verificamos uma contestação crescente nas escolas. Recordo que tivemos que acionar diversas garantias de reparações de edifícios escolares e, neste momento, ainda estamos a fazer execuções de caução. Na EB 2,3 de Rio Tinto, por exemplo, tivemos que proceder à reparação de fachadas, caixilharias, substituição de vidros e de portas”, recorda a autarca.

Foram então promovidos vários investimentos, dos quais, Aurora Vieira salienta “a recuperação das carências nos equipamentos escolares, bem como dos logradouros, equipamentos desportivos das zonas exteriores e parques infantis”. “A maioria das escolas nunca tinha tido uma intervenção de fundo. Fizemos esse trabalho, mas reconheço que ainda há muito por fazer”, afirma a vereadora do Município de Gondomar.

Em fase de conclusão está a requalificação da EB 1 Cimo de Vila, em Melres, que corresponde a um investimento de 200 mil euros. Por sua vez, em fase de candidatura estão as EB 2,3 Santa Bárbara (Fânzeres), Beira Douro (Medas) e Frei Manuel Santa Inês (Baguim do Monte), devendo depois avançar as intervenções nas EB 2,3 São Pedro da Cova, Infanta D. Mafalda (Rio Tinto), Marques Leitão (Valbom) e Jovim, entre outras escolas.

Inseridas numa operação de eficiência energética – operação que envolve um investimento superior a 400 mil euros – estão as EB 1 Aguiar, Alto de Soutelo, Alvarinha, Vila Verde, Gandra, Pinheiro D’Além, Taralhão e os Jardins de Infância (JI) de Montezelo e Tardariz.

“Neste momento temos algumas obras em fase de conclusão ou prestes a iniciar. Nos últimos três anos, já concretizamos mais de quatro milhões de euros em obras, num total de 30 intervenções. É preciso recordar que no passado este valor construiu apenas um centro escolar”, lamenta Aurora Vieira.

Refira-se que, no total, o Município já investiu mais de quatro milhões de euros na beneficiação de equipamentos escolares, parques desportivos (interiores e exteriores) e parques infantis.

Obras executadas neste mandato:
Beneficiação da EB 1 e JI de Montezelo – arranjos exteriores e recintos desportivos;
Parque de jogos da EB 2,3 Santa Bárbara;
JI de Trás da Serra – cobertura metálica exterior;
Escola EB 1 de Atães – reabilitação do pavilhão envolvente;
Escola Secundária de Rio Tinto – reabilitação da cobertura;
Reabilitação da Escola Básica EB 1 Boucinha;
Escola EB 2,3 de Rio Tinto – reparação de cobertura e fachadas exteriores;
Escola EB 1 do Souto – caixilharias em alumínio;
Escola Básica da Gandra – reparação da cobertura exterior;
Beneficiação da EB 1 e JI de Cimo de Vila – arranjos exteriores e recintos desportivos;
EB 2,3 Rio Tinto – 2ª fase do pavilhão desportivo, parque desportivo e envolventes;
EB 2,3 Júlio Dinis – 2ª fase do pavilhão desportivo, parque desportivo e envolventes;
EB 2,3 Júlio Dinis e Rio Tinto – equipamentos;
JI de Vila Verde – cobertura metálica exterior;
Remoção de amianto das Escolas Básicas e Jardins de Infância;
Parques infantis;

, ,