Município notifica mais de 100 proprietários de prédios degradados

Município notifica prédios degradados

O Município identificou mais de uma centena de prédios / Foto: Arquivo Vivacidade

A Câmara de Gondomar identificou mais de uma centena de prédios degradados que poderão ser alvo de um agravamento de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

A grande maioria dos prédios identificados está localizada na zona urbana do concelho. A freguesia de Valbom lidera a lista com 42 edifícios devolutos, seguindo-se 33 em S. Cosme e 27 em Rio Tinto, enquanto na Lomba apenas foram identificados oito e em S. Pedro da Cova dois.

Recorde-se que em outubro de 2014 a Câmara de Gondomar aprovou, para o corrente ano, o agravamento em 30% do IMI sobre prédios degradados que constituíssem risco. “Numa primeira triagem notificamos 155 proprietários, dos quais resultaram 118 prédios para agravar porque houve 37 proprietários que no prazo em que lhes foi dado procederam às obras de entaipamento”, descreveu à agência Lusa Carlos Brás, vereador do Património.

Segundo o autarca,  o objetivo da medida “é que os proprietários dotem os edifícios de condições de segurança, salubridade e higiene”, refere o vereador.

O levantamento de prédios degradados vai sendo atualizado pela autarquia gondomarense com a colaboração das Juntas de Freguesia, estimando-se um novo ponto de situação para “a primavera do próximo ano”, avançou Carlos Brás.

, ,