Noite Branca: Milhares nas ruas de Gondomar

Marco Conforti animou a Noite Branca de Gondomar / Foto: Ricardo Vieira Caldas

Marco Conforti animou a Noite Branca de Gondomar / Foto: Ricardo Vieira Caldas

Milhares de gondomarenses saíram à rua vestidos de branco, na noite de 13 de setembro. O principal protagonista foi Marcio Conforti que percorreu e animou as ruas com o Trio Elétrico. Os comerciantes locais aderiram em massa à iniciativa organizada pelo município que promete continuidade para 2015.

“Para uma 1ª Noite Branca em Gondomar, o evento superou todas as expectativas. Foi uma adesão surpreendente dos gondomarenses, mais de 30.000 pessoas vestiram-se de branco e usufruíram da noite com muito glamour”, principiou Sandra Brandão, vereadora da Juventude e principal impulsionadora da iniciativa, em entrevista ao Vivacidade.

Ruas decoradas, centenas de balões brancos e laços pendurados nas principais artérias de Gondomar e muitos residentes a aderir ao repto lançado pelo município. “A noite mais branca do ano”, como definiu a vereadora. O evento é para repetir no próximo ano, garante Sandra Brandão. “Apesar do cansaço, mas tendo em conta o sucesso do evento, a equipa da Juventude terminou a noite a fazer o balanço da 1ª Noite Branca e a programar a próxima em 2015”, afirma. Aspetos a melhorar? “Numa segunda edição a exigência será ainda maior, bem como as espectativas dos gondomarenses, havendo sempre a necessidade de melhorar, nomeadamente a área geográfica a delimitar, a localização dos palcos e obviamente investir ainda mais na diversificação da animação e aumentar o numero de atuações”, sublinha a vereadora.
Imagem
Marco Conforti animou a Noite Branca de Gondomar

PSD e CDU votaram contra realização de Noite Branca

Na reunião pública camarária, a 3 de setembro, em Rio Tinto, PSD e CDU expressaram-se com o voto contra na realização da Noite Branca.

Dias antes da concretização da Noite Branca, a CDU fez chegar um comunicado às redações explicando o porquê do voto contra: “A Noite Branca de Gondomar, independentemente da adesão que possa vir a ter, pouco mais será do que mais um evento de entretenimento urbano localizado, que durará algumas horas, mas que está longe do conceito cultural original da Noite Branca, não justificando a verba despendida. Por isso votámos contra.”

A Noite Branca de Gondomar custou aos cofres da Câmara Municipal cerca de 15 mil euros.

, , ,