Nomes de peso atuarão em Festival de Teatro de São Pedro da Cova

>DR. Na foto: Natalina José e António Calvário.

No próximo dia 29 de fevereiro dá-se início à décima edição do Festival de Teatro de São Pedro da Cova. Este ano, na estreia do festival teremos dois grandes nomes nacionais da música popular e da revista Portuguesa, António Calvário e Natalina José.

Como habitual há já cinco anos, a autarquia da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova e a Paróquia de São Pedro da Cova estão a organizar mais uma edição de um dos eventos com mais afluência de público da freguesia, o Festival de Teatro de São Pedro da Cova.

O evento conta ainda com mais datas no cartaz. No dia 29 dá-se a estreia do festival com a peça “Volt’a a Portugal em Revista” com António Calvário e Natalina José, no dia 7 de março teremos o “Quarto de Núpcias” interpretado pelo Grupo Paroquial de Teatro de São Pedro da Cova, no dia 14 do mesmo mês presenciaremos à atuação do Grupo Dez de Junho com a peça “Uma Freira dos Diabos” e no último dia, 21 de março, o Grupo Cénico Povoense irá interpretar a peça “O Gato”.

As sessões terão início pelas 21h30 e serão realizadas na Cripta de São Pedro da Cova. O preço dos bilhetes mantem-se iguais ao ano passado, seis euros a abertura e três euros os restantes espetáculos e doze euros caso as pessoas optem pelo pack completo. As crianças pagam a partir dos seis anos. Todos os anos, os organizadores têm o cuidado trazer pelo menos um grupo amador de fora e dá a oportunidade a dois grupos amadores do concelho a estrear-se. No primeiro dia do Festival a aposta continua num grupo profissional.

A vice-presidente prometeu que o público pode esperar desta edição boa disposição e um bom entretenimento. O Presidente Pedro Vieira constatou que este evento surge com o intuito de dar à comunidade uma oportunidade de acesso a teatro de qualidade pelo um preço simbólico. Um dos outros objetivos apresentados pelo autarca é o de levar o nome da freguesia além fronteiras Gondomarenses. Pedro Vieira acrescenta ainda que a “ideia essencialmente é essa, trazer o teatro ao povo e quando os artistas têm essa disponibilidade, nós ficamos satisfeitos que haja essa possibilidade e essa disposição por parte deles para se deslocarem à província, que é esse o termo porque é fora das grandes salas de espetáculo de Lisboa e do Porto”.

Os organizadores aproveitaram o momento para convidar a população a participar de mais um ano desta iniciativa. As entradas já podem ser adquiridas na secretaria da Junta das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova ou na secretaria da Paróquia de São Pedro da Cova. ■

, , ,