Núcleo Sportinguista de Gondomar ruge há 12 anos

Sporting

Bruno de Carvalho, Carlos Lopes e Augusto Inácio marcaram presença no almoço comemorativo

Casa do Sporting, em Rio Tinto, celebrou o 12.º aniversário com a presença de Bruno de Carvalho, Augusto Inácio e Carlos Lopes. Ao Vivacidade, Manuel Silva, presidente do Núcleo, garante que os 12 anos são apenas o início da coletividade.

A 7 de janeiro de 2002 nasceu, em Rio Tinto, o Núcleo Sportinguista de Gondomar. Doze anos depois, a casa que representa o Sporting CP está “de boa saúde”.
Após sucessivos adiamentos da celebração do 12.º aniversário, só no dia 5 de abril é que a coletividade soprou as 12 velas. “Adiamos o aniversário porque estávamos à espera que o presidente Bruno de Carvalho viesse festejar connosco”, diz Manuel Silva, presidente do Núcleo Sportinguista de Gondomar.
Bruno de Carvalho, Carlos Lopes e Augusto Inácio, marcaram presença no almoço comemorativo do aniversário do Núcleo, no dia em que o Sporting CP defrontou o Paços de Ferreira, no Estádio Capital do Móvel.
Durante o almoço, o presidente sportinguista vincou as mudanças no clube desde a sua chegada e elogiou o trabalho do Núcleo de Gondomar, a norte de Portugal.
Bruno de Carvalho aproveitou a presença de Carlos Lopes, campeão olímpico de Maratona de 1984 (Los Angeles) para fazer um apelo. “É bom que o poder político também se lembre de Carlos Lopes, porque ele merece o seu lugar no Panteão Nacional”, frisou o dirigente.

“Vamos passar a ser ‘Sporting de Gondomar’”, diz Manuel Silva

Carlos Lopes

Carlos Lopes, campeão olímpico de maratona, em 1984, esteve presente no aniversário em Rio Tinto

Manuel Silva, presidente do Núcleo de Gondomar, dirigiu a coletividade de 2001 a 2009 e regressou à liderança em 2011. Ao Vivacidade, faz um balanço positivo da evolução do Núcleo, mas garante que “podia ser melhor”. “Quando regressei ao núcleo como presidente, em 2011, já devíamos 96 mil euros. Não era brincadeira”, conta Manuel Silva.
A dívida obrigou a uma reestruturação financeira, que implicou o investimento dos sócios do Núcleo. Desde 2011 investiu-se cerca de 10 mil euros em melhorias das instalações.
Atualmente o Núcleo dispõe de uma equipa sénior de futsal, que compete na Liga Desportiva de Gondomar e, segundo Manuel Silva, o objetivo é “formar uma equipa de infantis”.
Até 2016 o Sporting CP quer alterar a nomenclatura das casas do clube. “O Núcleo Sportinguista de Gondomar vai passar a ser conhecido como Casa do Sporting”, adianta Manuel Silva.

,