Obras de Zulmiro de Carvalho podem ser visitadas até 23 de fevereiro

Zulmiro de Carvalho - dezembro 2018

Zulmiro de Carvalho tem as suas obras em exposição no Auditório Municipal de Gondomar / Foto: Direitos Reservados

As obras públicas do escultor Zulmiro de Carvalho, edificadas em várias partes do mundo, estão expostas no Auditório Municipal de Gondomar e podem ser visitadas até 23 de fevereiro de 2019.

No dia 15 de dezembro foi inaugurada a mostra “Zulmiro de Carvalho – Escultura 1968-2018”, na Sala Júlio Resende, no Auditório Municipal de Gondomar.

A exposição resulta de imagens (em grandes dimensões) das mais significativas obras públicas do escultor gondomarense, acompanhadas por um conjunto de esculturas em aço e, pela primeira vez exposta ao público, uma escultura projetada em 1968, mas só concretizada este ano.

Zulmiro de Carvalho é considerado um dos maiores escultores contemporâneos nacionais e vive e trabalha em Gondomar. As suas obras estão espalhadas um pouco por todo o mundo, sendo reconhecidamente um dos melhores escultores nacionais.

Nos anos 1990, em colaboração com Carlos Barreira e Carlos Marques, montou um atelier experimental (1993-1994) que esteve na base da reformulação do ensino da escultura na Escola Superior de Belas Artes do Porto. Em 1995 aposentou-se como professor auxiliar desta escola.

As criações de Zulmiro de Carvalho podem ser encontradas um pouco por todo o País e no estrangeiro, desde o Porto, no Jardim de S. Lázaro, no Cemitério do Prado do Repouso e na Fundação de Serralves, a Lisboa, no Metropolitano, na Caixa Geral de Depósitos e nas coleções da Fundação Calouste Gulbenkian, até à Alameda Carlos Assumpção, em Macau, ou no Museu Britânico, em Londres.

A obra do escultor tem recebido diversos prémios nacionais e integra numerosas exposições individuais e coletivas, em Portugal, em simpósios e mostras internacionais.

A exposição patente no Auditório Municipal de Gondomar conta com a curadoria de Agostinho Santos.

, , , ,