Obras no Auditório com atraso de mais de três meses

Auditório Municipal de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

Auditório Municipal de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

As obras de requalificação do Auditório Municipal de Gondomar deveriam estar concluídas este mês mas ainda nem começaram. Na origem do atraso está o abandono da obra por parte do empreiteiro e a Câmara Municipal quer que o contrato seja cedido a outra empresa.

“Estamos a tentar resolver a situação pela via mais fácil. Vamos tentar que o empreiteiro passe a obra para outra empresa porque este empreiteiro falhou”, começa por explicar ao Vivacidade o presidente do Município de Gondomar, Marco Martins.

“A situação está encravada e não é por culpa nossa” garante também o vice-presidente, Luís Filipe Araújo, que tem acompanhado a obra de perto.

A requalificação do Auditório Municipal, que vai custar cerca de 400 mil euros ao município, foi levada a concurso público e ganha pelo mesmo empreiteiro que falhou com a obra da Escola EB 2,3 de Rio Tinto.

“Agora temos duas soluções, ou a empresa aceita ceder o contrato a um terceiro, ou vamos ter que abrir um novo concurso”, explica Marco Martins.

As alterações ao auditório preveem, entre outras coisas, um novo revestimento do chão e das paredes, um isolamento do sistema elétrico, a criação de novas aberturas para entrada de material no palco e a criação de rampas de acesso e de casas de banho para pessoas com deficiências, nos camarins e para o público em geral.

O prazo para o começo e conclusão desta obra ainda não está definido, indica a autarquia. “A empresa ainda nem iniciou as obras. A nossa solução mais fácil é rescindir contrato e abrir novo concurso, mas isso implica mais três meses”, esclarece o presidente da Câmara Municipal.

, , , ,