Obras sociais das paróquias distinguidas no 20.º aniversário da cidade de Rio Tinto

Paróquia de Rio Tinto / Foto: Pedro Santos Ferreira

Paróquia de Rio Tinto / Foto: Pedro Santos Ferreira

Paróquia de Baguim / Foto: Pedro Santos Ferreira

Paróquia de Baguim / Foto: Pedro Santos Ferreira

Paróquia de Corim / Foto: Pedro Santos Ferreira

Paróquia de Corim / Foto: Pedro Santos Ferreira

As paróquias de Corim, Rio Tinto e Baguim do Monte foram distinguidas pelas obras sociais realizadas, na cerimónia de comemoração do 20.º aniversário de elevação de Rio Tinto a cidade.

A cidade de Rio Tinto comemorou o 20.º aniversário com várias iniciativas realizadas ao longo do mês de junho. A sessão solene realizou-se a 20 de junho, num auditório improvisado no Centro Escolar de Baguim do Monte, onde foram distinguidas as obras sociais das paróquias de Baguim, Rio Tinto e Corim com medalhas de mérito da cidade, entregues pelos presidentes das Juntas de Baguim do Monte e Rio Tinto, Nuno Coelho e Nuno Fonseca, respetivamente.

Manuel Santos, representante do padre Lucindo Silva, da paróquia de Baguim, o diácono Manuel Gomes, da paróquia de Rio Tinto e o padre Godofredo, da paróquia de Corim, agradeceram as distinções e prometeram continuar a trabalhar diariamente para ajudar a combater “as dificuldades sociais da cidade de Rio Tinto”.

Título trouxe identidade aos riotintenses

A entrega das medalhas de mérito foi precedida dos discursos das entidades políticas representadas nas Assembleias de Freguesia de Rio Tinto e Baguim. Perante um auditório lotado, Nuno Fonseca, presidente da Junta de Rio Tinto, recordou a importância do título atribuído em 1985. “Este título dignifica-nos e apesar de não trazer mais financiamento, traz-nos uma identidade própria que ninguém nos pode tirar”, lembrou o autarca que viu com bons olhos o desenvolvimento das duas “freguesias irmãs” nos últimos 20 anos.

Por sua vez, o conterrâneo Nuno Coelho, presidente da Junta de Baguim, sublinhou a “união entre as duas freguesias” como uma das mais valias conquistadas com o título de “Cidade”.

“Temos a obrigação de fazer justiça pelo atraso que Rio Tinto teve”

Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar, encerrou a sessão solene após recordar os investimentos da autarquia em Rio Tinto e Baguim [cerca de 4,5 milhões de euros]. O edil deixou ainda uma promessa e duas prendas para as freguesias: “Temos a obrigação de fazer justiça pelo atraso que Rio Tinto teve, exemplo disso é a inauguração da Loja do Cidadão, em Rio Tinto, e o financiamento de 1,4 milhões do Município destinados à construção do Centro de Saúde de Baguim do Monte”.

X Encontro de Bandas da Cidade de Rio Tinto:

A 10ª edição do Encontro de Bandas da Cidade de Rio Tinto contou com a participação de 22 bandas filarmónicas no palco do Largo do Mosteiro. Mais de 1000 músicos atuaram no encontro integrado nas comemorações do 20.º aniversário da elevação de Rio Tinto a cidade.

, , , ,