Onésimo Teotónio Almeida vem às Conferências de Gondomar

Onésimo Teotónio Almeida - janeiro 2019

Onésimo Teotónio Almeida será o próximo orador das Conferências de Gondomar / Foto: Direitos Reservados

O escritor Onésimo Teotónio Almeida vai ser o próximo orador das Conferências de Gondomar. A próxima sessão, marcada para o dia 21 de fevereiro versará sobre o tema “Que fazer com os Descobrimentos?” e será moderada por Francisco José Viegas. 

Está eleito o próximo convidado das Conferências de Gondomar. Após a última sessão, que contou com a presença de Sobrinho Simões e lotou o Auditório Municipal de Gondomar, segue-se Onésimo Teotónio Almeida.

O tema, desta vez, será sobre a importância dos Descobrimentos e o que devemos fazer com eles.

“Apostamos neste convite porque o professor tem um longo trabalho desenvolvido sobre os Descobrimentos e a língua portuguesa”, explica Manuel Rosas, na qualidade de porta-voz do conjunto de cidadãos responsável pela organização das Conferências de Gondomar.

O orador vai ser acompanhado por Francisco José Viegas, ex-secretário de Estado da Cultura, que irá dinamizar esta sessão.

Onésimo Teotónio Almeida é doutorado em Filosofia na Brown University, onde é professor catedrático. Além de livros de ensaios, tem centenas de artigos publicados. É colaborador permanente do Jornal de Letras, membro da Academia Internacional de Cultura Portuguesa e da Academia da Marinha e Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro.

Sobre as Conferências, Manuel Rosas mostra-se satisfeito com a implementação e adesão dos gondomarenses a esta iniciativa: “Quem assistiu às anteriores edições já percebeu que estamos perante uma iniciativa de grande nível e com grande empenho de quem está envolvido na organização, sempre em prol da comunidade. Até aqui tivemos conferências de grande nível, com personalidades reconhecidas e esperamos dar continuidade. Por isso, o balanço que fazemos é positivo”.

No dia 21 de fevereiro, o Auditório Municipal de Gondomar volta a ser o ponto de encontro dos gondomarenses. A organização espera, contudo, repensar o esquema de entrada no Auditório, tendo em conta a adesão massiva à última edição, “porque muitas pessoas ficaram de pé e queremos evitar isso ao máximo”, alerta Manuel Rosas. Em tudo o resto, alerta o porta-voz das Conferências de Gondomar, “o espaço corresponde às nossas necessidades e estamos contentes com o apoio logístico que o Município nos concede”.

Recorde-se que as Conferências de Gondomar são coordenadas por uma Comissão Executiva e contam com os apoios da Câmara de Gondomar, Clube Gondomarense, Escola Profissional de Gondomar e do jornal Vivacidade. Em 2019, a organização espera organizar, no mínimo, três conferências.

As sessões têm sempre entrada livre.

, , , ,