Orçamento para 2015 aprovado em Assembleia Municipal

orcamento 2015

Assembleia Municipal realizou-se no auditório da Biblioteca Municipal de Gondomat

As Grandes Opções do Plano e Orçamento Municipais para 2015 foram aprovados por maioria na Assembleia Municipal, a 25 de novembro. Já a 29 de outubro, em reunião do executivo camarário, o orçamento de 69 milhões havia sido aprovado. Desta vez, a Assembleia votou favoravelmente, com 10 abstenções e seis votos contra.

Com um valor global de 69 milhões de euros o Orçamento Municipal para 2015 foi aprovado por maioria na Assembleia Municipal realizada a 25 de novembro no auditório da Biblioteca Municipal de Gondomar. A votação levou 10 abstenções do PSD, CDS e do presidente da União das Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova, Daniel Vieira e seis votos contra da CDU e Bloco de Esquerda.

O orçamento para 2015

Para o próximo ano, o Município de Gondomar prevê um orçamento que “privilegia a melhoria da qualidade de vida dos gondomarenses pois alia preocupações de ordenamento e requalificação do espaço público a um modelo de vida mais sustentável pela forte presença de preocupações ambientais. A criação de parques urbanos, a eficiência energética e a recuperação de parques infantis são exemplos que poderemos encontrar ao longo do orçamento e das Grandes Opções do Plano (GOP). Por outro lado as preocupações sociais num contexto de enormes dificuldades económicas por parte das famílias não poderiam deixar de se traduzir em apostas orçamentais. A Educação, o Desenvolvimento Económico, o Desporto, a Cultura e o Turismo são áreas fulcrais para o supra referido incremento da qualidade vida dos gondomarenses”, indica o documento.

Assembleia aprovou moção de recomendação da CAUS

A Assembleia Municipal votou, na mesma noite, várias propostas da Câmara Municipal como a Taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis para 2015, a Taxa municipal de Direitos de Passagem, o Lançamento de Derrama para 2015, a Taxa de participação no IRS para os rendimentos de 2015, e a adesão do Município à Associação Internacional das Cidades Educadoras. Mas um dos pontos da noite – que levou vários munícipes a assistir à reunião – foi a votação de uma moção de recomendação enviada aos Líderes Municipais pela Comissão de Utentes de Foz do Sousa e Covelo, sobre o saneamento na Foz do Sousa. O ponto foi aprovado por unanimidade.

,