“Os rapazes dos tanques” lembraram outros heróis do 25 de Abril

Livro "Os Rapazes dos Tanques"

Livro “Os Rapazes dos Tanques”

O Carmo e Terreiro do Paço foram o centro da Revolução do 25 de Abril, em 1974. “Os rapazes dos tanques”, o livro e a exposição, foram apresentados a 18 de abril na Biblioteca Municipal de Gondomar e trouxeram ao concelho os autores – Alfredo Cunha e Adelino Gomes – e outros convidados.

A 29 de abril de 1988, Salgueiro Maia falava ao Jornal Ilustrado sobre um outro “herói” do 25 de Abril. “Então o brigadeiro [que comandava as forças fiéis ao regime] vira-se para o alferes e diz “dispare sobre aquele homem” […] o alferes recusou-se a disparar. O brigadeiro diz-lhe “você já desgraçou a sua vida, está preso”, o alferes sai da torre e é efetivamente preso pela Polícia Militar. Então o brigadeiro grita para o cabo apontador “Dispara!” e o cabo apontador não diz nada. “Dispara!” e o cabo apontador continua a não disparar. Aqui é que se ganhou o 25 de Abril”,  lê-se na entrevista.

Agora, 41 anos depois, Alfredo Cunha e Adelino Gomes trouxeram a Gondomar, através da Câmara Municipal, o cabo apontador, um dos responsáveis pela ausência de derramamento de sangue na revolução da liberdade. A apresentação do livro e exposição, decorrida a 18 de abril na Biblioteca Municipal, levou algumas dezenas de pessoas a assistir às imagens e testemunhos exclusivos dos homens – oficiais, sargentos e praças – que estiveram frente a frente no 25 de Abril.

 “As fotografias de Alfredo Cunha e as entrevistas conduzidas por Adelino Gomes levam-nos a (re)viver aquelas horas e a percebermos as dúvidas, os receios, a ansiedade, a tensão, a esperança, as alegrias vividas por cidadãos que, depois desse dia, regressaram, na maior parte dos casos, ao anonimato. E a conhecer, também, o olhar que esses homens têm sobre o país, mais de 40 anos depois”, revelou a Câmara Municipal.

A cerimónia contou com a presença e testemunho do ex-furriel Manuel Correia da Silva, que conduziu a chaimite “Bula” e que levou Marcelo Caetano do Largo do Carmo até à Pontinha e do cabo apontador José Alves Costa. Luís Filipe Araújo, vice presidente do Município de Gondomar e vereador da Cultura proferiu algumas palavras de agradecimento a Alfredo Cunha e Adelino Gomes bem como aos testemunhos convidados para a apresentação.

, , , , ,