“Os resultados devem-se a um grande empenho dos jogadores e equipa técnica”

presidente

Carlos Alberto, presidente da AD S. Pedro da Cova

A Associação Desportiva São Pedro da Cova respira de alívio. O clube mineiro viu a situação financeira aliviada com o apoio da Câmara Municipal – cerca de 7.500 euros – e três vitórias consecutivas na Divisão de Elite, da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Ao derrotar o Leça, a AD Grijó e o Oliv. Douro, a Associação São Pedro da Cova afastou-se da zona de despromoção da Divisão de Elite da AFP e garantiu o 16.º lugar da competição, a um ponto de distância do Serzedo.
No entanto, foi o apoio financeiro da Câmara Municipal de Gondomar – estimado em cerca de 7.500 euros – que permitiu aliviar as contas do clube e pagar as dívidas acumuladas da água e eletricidade.
“Os problemas vinham a agravar-se e tivemos que pedir ajuda à autarquia. Com o apoio da Câmara conseguimos pagar as dívidas que tínhamos”, diz Carlos Alberto, presidente da AD S. Pedro da Cova. O líder do clube mostra-se satisfeito com o auxílio prestado e, em declarações ao Vivacidade, sublinha a “demonstração de garra” dos atletas e técnicos do clube mineiro.
“Os resultados mais recentes devem-se a um grande empenho dos nossos jogadores e equipa técnica. Infelizmente a direção ainda não consegue pagar a tempo e horas mas ele têm sido uns verdadeiros profissionais”, afirma o dirigente desportivo que admite candidatar-se novamente à presidência do clube, no final do mandato.
A direção está já a planear a organização de uma caminhada solidária pela AD S. Pedro da Cova, a realizar-se no dia 12 de abril, junto ao estádio do Laranjal.
Na próxima jornada do campeonato, dia 22 de fevereiro, o S. Pedro da Cova desloca-se ao Senhor do Amparo, para defrontar o Futebol Clube da Lixa.

, , , ,