Ourindústria 2017: certame superou expectativas da organização

Ourindústria 2017 - abril 2017

Durante quatro dias o Multiusos de Gondomar foi a capital da ourivesaria / Foto: Pedro Santos Ferreira

De 30 de março a 2 de abril, o Pavilhão Multiusos de Gondomar recebeu mais de 70 expositores ligados ao setor da ourivesaria. No último dia do evento registaram-se mais de 2000 visitantes. 

Durante quatro dias, o Multiusos de Gondomar foi a capital da ourivesaria em Portugal. Profissionais dos setores da ourivesaria, relojoaria, máquinas industriais, metrologia calibrada, mobiliário de ourivesaria, informática, design e estojoaria marcaram presença na Ourindústria 2017, certame profissional promovido pela Câmara Municipal de Gondomar.

“Tivemos cerca de 2000 pessoas no último dia do evento. Este número foi surpreendentemente positivo”, começa por dizer José Fernando Moreira, vereador das Feiras e Mercados do Município de Gondomar.

O autarca responsável pelo pelouro que organiza o certame mostrou-se satisfeito com a “visibilidade pública nacional conferida à Ourindústria 2017, fruto das visitas do secretário de Estado da Educação, João Costa, e do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos”.

O certame destinado essencialmente aos profissionais do ramo da ourivesaria abriu portas ao público em geral nos dois últimos dias do evento.

“Hoje temos uma Ourindústria com características próprias e bem vincadas. Sabemos o que queremos e o caminho que temos a seguir, mas este certame já é único em Portugal e no resto do mundo”, afirma o vereador.

De acordo com o autarca, a organização está agora focada na “internacionalização do evento”. “Queremos atingir o reconhecimento internacional e julgo que o trabalho, a perseverança e a nossa vontade irão permitir-nos atingir esse patamar”, vincou José Fernando Moreira.

Recorde-se que em Gondomar, a ourivesaria representa atualmente 60% da atividade económica do concelho.

Entre os pontos altos do evento destacam-se o tradicional Desfile de Jóias que antecedeu a cerimónia de entrega dos troféus “Originalidade” e “Inovação/Criatividade”. Os prémios foram atribuídos aos expositores Telma DA e Celior – Indústria de Ourivesaria, Lda., respetivamente.

A Ourindústria 2017 foi organizada pela Câmara de Gondomar, em parceria com o CINDOR – Centro de Formação Profissional da Indústria de Ourivesaria e Relojoaria e a AORP – Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal.

A próxima edição do certame está marcada para os dias 15 a 18 de março de 2018.

“Queremos que a ourivesaria seja o símbolo de Portugal”
A inauguração do evento ficou marcada pelos tradicionais discursos protocolares. Em representação da Câmara Municipal de Gondomar – na ausência de Marco Martins, presidente do Município -, Luís Filipe Araújo, vice-presidente da autarquia gondomarense, destacou a importância do setor da ourivesaria em Gondomar. “Queremos que a ourivesaria seja o símbolo de Portugal e do melhor que existe entre nós. Esta arte é um símbolo para Gondomar e para esta Ourindústria”, destacou o autarca.

, , , , ,