Plano Diretor Municipal em marcha

Linha do Metro Valbom – S. Cosme, parques urbanos e centralidade em Rio Tinto previstas no novo PDM

Luís Filipe Araújo está atento a todo o processo de revisão do PDM para Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

Luís Filipe Araújo está atento a todo o processo de revisão do PDM para Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

A revisão ainda está em desenvolvimento mas Luís Filipe Araújo já tem ideias bem claras para o concelho. “Achamos, por exemplo, que podemos aproveitar a CREP (Circular Regional Exterior do Porto) para instalação de zonas empresariais. Também pedimos que fosse feito um estudo mais concreto em termos de possibilidades de localização dos parques urbanos porque parece-nos que é uma necessidade premente do município”, adianta.

Quanto à questão da linha do metro para Gondomar, o vice-presidente promete “não largar essa batalha” e afirma que “o PDM vai considerar a linha.”

Para Rio Tinto, há o plano de pormenor do centro cívico, feito pelo mesmo gabinete. “Estava pronto e julgo que chegou a ser apresentado e foi levado a aprovação pelo executivo anterior mas a dada altura aquilo travou. Faltava um estudo de impacto ambiental e a verdade é que esse plano de pormenor não chegou ao fim. Nós já demos conta a esse gabinete que a nossa interpretação da utilização do solo para aquele local é diferente. Não concordamos com aquelas soluções”, explica o autarca. Para o espaço da antiga feira de Rio Tinto estavam previstos vários blocos habitacionais mas Luís Filipe Araújo reconhece que não é a melhor solução. “Naquele local julgamos que ainda é possível criar ali uma centralidade. Eventualmente junto ao Centro de Saúde, do outro lado da linha do metro, podemos admitir alguma construção. Reconhecemos que em Rio Tinto falta uma grande sala de espetáculos mas não temos condições para a criar neste momento. Achamos que aquele local [espaço da antiga feira] é aprazível e já tem sido utilizado para algumas atividades lúdicas. Podia ser um espaço verde, colocado à disposição da população, em que de certa forma comunicasse com a Quinta das Freiras”, expõe o responsável pelo pelouro do Planeamento e Ordenamento do Território. “Já iniciamos os estudos”, acrescenta.

Proposta para criação de Comissão Eventual do Urbanismo e Desenvolvimento chumbada em 2013

Preocupado com a ausência de revisão do Plano Diretor Municipal, Pedro Bragança, deputado independente pela bancada socialista da Assembleia Municipal, apresentou, no ano passado, de uma proposta para a criação de uma Comissão Eventual do Urbanismo e Desenvolvimento. A proposta visava a criação de um grupo com um deputado de cada força política que iria acompanhar a questão do PDM de Gondomar. A moção foi rejeitada com os votos a favor do PS, CDU e BE e contra dos restantes.

, , , , , , , , , , , ,