José António Macedo: “Sinto-me realizado enquanto presidente da União de Freguesias de São Cosme, Valbom e Jovim”

Loja Social de Valbom

Loja Social de Valbom

José António Macedo viu as suas responsabilidades territoriais alargadas após as últimas eleições autárquicas e passou a presidir as freguesias de Valbom e Jovim, a par de Gondomar (São Cosme). Na opinião do autarca as delegações de competências facilitaram as burocracias e gestão autárquica e uniram as populações das três freguesias. Ao Vivacidade, Macedo confessa-se “feliz e realizado” com o cargo que ocupa.

Após uma manhã agitada de exames médicos, José António Macedo, presidente da União de Freguesias de Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim, recebe a equipa do Vivacidade no gabinete presidencial da Junta de São Cosme. “Se não me tivessem avisado não tinha ido, mas assim não consegui evitar e tive que fazer os exames médicos. Ainda tive tempo de vir para a Junta para fazer uns despachos”, explica o autarca após um almoço rápido.

Diariamente o presidente da União de Freguesias percorre uma rota traçada entre São Cosme, Valbom e Jovim para detetar os problemas locais, mas a confiança nas “várias equipas no terreno” agilizam a resolução dos problemas sinalizados pelos fregueses.

“Chego sempre por volta das 9h e gosto de fazer uma visita às três freguesias porque já o fazia enquanto presidente da Junta de Freguesia de S. Cosme. É um hábito que tenho”, afirma Macedo.

Em conversa, o autarca destaca os espaços inaugurados desde a tomada de posse deste mandato: Loja Social de Valbom, espaços internet nas Juntas de Valbom e Jovim, o novo parque operacional e o mais recente alojamento para os sem-abrigo, projeto integrado numa candidatura à SIC Esperança.

“No passado não tínhamos as delegações de competências por isso tínhamos mais preocupações sociais. Diariamente aparecem-nos muitos casos de desespero individual e familiar”, refere.

A visita começa na Universidade Sénior de Gondomar (USG), uma instituição que completou recentemente o 9.º aniversário e que conta com mais de 330 alunos inscritos. Enquanto cumprimenta alunos e professores das disciplinas de pintura, informática e guitarra clássica, Macedo aprecia os trabalhos dos formandos. “Vamos ter uma bonita exposição”, comenta, referindo-se aos quadros desenvolvidos pelas alunas da USG. No mesmo edifício, está situada a Loja Social de Gondomar, um projeto que em 2014 arrecadou cerca de quatro mil euros em roupa, calçado e outros produtos em segunda mão. “Aqui está tudo arrumadinho e temos cada vez mais gente a visitar este espaço, sobretudo nos dias de feira. Eu próprio já trago roupa para aqui”, confessa. À porta da USG está já um carro da União das Freguesias pronto para visitar a Horta Comunitária que deverá ser inaugurada até ao final do mês de abril. O projeto tem 70 lotes disponíveis para os cidadãos e conta com 50 inscritos que terão uma formação agrícola intensiva da Lipor.

“Jovim ainda não tinha multibanco”

Em Jovim, a primeira paragem é junto ao campo de jogos do Clube Recreativo Ataense, onde foi recentemente inaugurado o primeiro multibanco da freguesia, apesar de existir outro terminal no interior de um dos hipermercados de Jovim. “Este multibanco foi um pedido registado na Assembleia de Freguesia e desde a sua instalação tem vindo aqui muita gente levantar dinheiro e pagar as suas contas”, sublinha o autarca. Desde a sua inauguração o equipamento já foi alvo de um assalto.

No centro da freguesia, a Junta é talvez um dos únicos locais que congrega alguns serviços para a população. O Espaço Internet, recentemente inaugurado, e o Gabinete de Enfermagem são destacados por José António Macedo, como duas das mais valias que o espaço oferece à população. “Em Jovim não existe Centro de Saúde, por isso sentimos necessidade de ter aqui um médico e uma enfermeira a atender a população”, explica ao Vivacidade.

José Macedo espera concretizar o desejo de alargar o conceito da Loja Social a Jovim e quer dar nova vida ao edifício da antiga Junta, onde deseja instalar “um centro de convívio e uma biblioteca para jovens”.

Valbom é central de arquivos das três freguesias

O edifício da Junta de Valbom dispõe igualmente do Espaço Internet, assim como um Centro de Convívio, Loja Social, e estação dos Correios. O autarca decidiu aproveitar o espaço disponível do sotão para armazenar toda o arquivo “morto” da União das Freguesias. “Está a decorrer neste momento um trabalho de monografia, liderado por Rui Vieira, que será apresentado mais tarde. Congregamos aqui toda a documentação disponível das três freguesias porque é importante preservar a nossa história”, assume Macedo.

Ainda em Valbom, o presidente visita o mais recente espaço social que aloja atualmente seis sem abrigo, auxiliados diariamente pelas assistentes sociais da Junta. Parte do edifício foi cedido, em regime de comodato, por uma proprietária alemã solidária com as necessidades da freguesia. “Vamos investir aqui o dinheiro do projeto SIC Esperança e esperamos que estas pessoas possam participar no projeto da Horta à Porta”, afirma José Macedo.

“Este cargo permite-me ajudar muita gente”

Habitualmente, o dia do presidente termina cerca das 20h30, após o balanço diário das várias equipas que estão no terreno. Ao Vivacidade, o autarca mostra-se satisfeito com o cargo que ocupa e com a resposta dada aos principais problemas das freguesias. “Tenho sempre o anseio de querer fazer mais e melhor mas sinto-me realizado enquanto presidente da União das Freguesias de S. Cosme, Valbom e Jovim. Fico satisfeito quando sei que posso ajudar, porque a obra que deixamos é o nosso único legado da política”, conclui José António Macedo.

, , ,