Praia de Melres volta a preocupar os gondomarenses

Um cenário que se tem vindo a repetir / Foto: Direitos Reservados

É um cenário que tem vindo a repetir-se. A Praia Fluvial de Melres voltou a apresentar, este mês, “picos de análises anómalas” que deixam a Câmara Municipal de Gondomar “preocupada” com este equipamento.

“Temos detetado valores fora do normal numa ou noutra praia fluvial. Infelizmente, já aconteceu em todas as praias de Gondomar, mas já estamos a sensibilizar as outras entidades para este problema”, começa por dizer Carlos Brás, vereador do Turismo da Câmara Municipal de Gondomar, confrontado com as recentes “análises anómalas” da água na Praia Fluvial de Melres.

O problema não chegou a interditar os banhos nem a desaconselhar o uso do areal.

“Não depende de nós tomar medidas ou identificar os focos de poluição. O que fazemos é a monitorização da qualidade da água em todos os efluentes do rio Douro até que ele sai do território de Gondomar. São medidas preventivas para salvaguardar a qualidade da água durante a época balnear”, acrescenta o autarca ao nosso jornal.

Carlos Brás garante que o problema foi entretanto resolvido, “já é possível ir a banhos” e defende “uma intervenção das entidades responsáveis” para minimizar este tipo de ocorrências.

No próximo ano, o Município de Gondomar espera recuperar a Praia Fluvial de Zebreiros e juntar o areal de Moreira, Melres, às praias de Melres e Lomba.

PSD/CDS-PP descontente com a “inoperância” do Município
A coligação PSD/CDS-PP demonstrou, através de uma nota à imprensa, o seu descontentamento “face à inoperância do executivo socialista, quanto à interdição da Praia de Melres”. “Repudiámos a falta de coordenação e de resposta eficaz por parte dos executivos socialistas na Câmara e na União das Freguesias”, termina o comunicado.

, , , ,