PSD exige “calendário exato” para retirada de resíduos de São Pedro da Cova

Visita Resíduos PSD - abril 2017

Os deputados do círculo eleitoral do Porto visitaram o depósito dos resíduos perigosos / Foto: Pedro Santos Ferreira

Os deputados do PSD eleitos pelo Círculo do Porto visitaram, no dia 10 de abril, o local dos depósitos ilegais de resíduos perigosos, em São Pedro da Cova.

A deputada Berta Cabral, vice-presidente da bancada parlamentar do PSD, acompanhada pelos deputados do PSD eleitos pelo Círculo do Porto, visitou as escombreiras das minas de carvão de São Pedro da Cova, local onde foram depositadas em 2001/2002 toneladas de resíduos industriais perigosos provenientes da Siderurgia Nacional, que laborou entre 1976 e 1996.

No local, a deputada anunciou que o PSD vai exigir um “calendário exato” para a anunciada retirada das toneladas de resíduos tóxicos. “É importante pôr os pontos nos ‘is’: nós sabemos quem depositou e sabemos quem resolveu o problema [referindo-se à primeira fase de remoção]. Quem depositou foi um Governo do PS em que era ministro do Ambiente José Sócrates e quem avançou com a remoção foi um Governo do PSD/CDS-PP em que era ministro Jorge Moreira da Silva”, lembrou a deputada que coordena a comissão parlamentar de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação.

“A [primeira] retirada foi feita de acordo com as informações que o LNEC [Laboratório Nacional de Engenharia Civil] deu na altura. Verificou-se que foi insuficiente e agora há que passar à segunda parte. A segunda remoção já foi anunciada pelo Governo atual mas nós desafiamos o senhor ministro [do Ambiente] a passar das palavras aos atos porque o que é preciso é agir”, disse ainda Berta Cabral.

, , , ,