Reorganização de transportes públicos no Porto afeta milhares de gondomarenses

Transportes Públicos - janeiro 2019

A Gondomarense é uma das empresas afetadas com a alteração proposta pelo Município do Porto / Foto: Direitos Reservados

A partir de 5 de fevereiro, os terminais dos operadores privados de transporte público atualmente existentes na Rua Alexandre Braga e no Campo 24 de Agosto vão passar para a zona do Dragão. O anúncio da Câmara Municipal do Porto vai afetar milhares de gondomarenses.

As diversas empreitadas a decorrer e as que em breve entrarão em obra (Bolhão; Avenida Fernão de Magalhães e Campo 24 de Agosto; Matadouro; Metro do Porto, entre outras), levaram o Município do Porto a implementar um processo de reorganização do transporte público privado”, explicou o portal de notícias da autarquia, a 16 de janeiro.

Assim, os autocarros privados dos terminais atualmente existentes na rua Alexandre Braga e no Campo 24 de Agosto serão transferidos para a zona do Dragão.

A medida vai afetar as linhas 55, 69 e 60 da Empresa de Transportes Gondomarense (ETG), com origem em Baguim, Seixo (Gondomar) e Ermesinde (Valongo), respetivamente. No que diz respeito à linha que se muda do Campo 24 de Agosto para o Dragão, refere-se à travessia da ETG: Valongo, Terronhas e Boca da Foz do Sousa.

Também a partir de 5 de fevereiro, os autocarros da STCP que paravam no Campo 24 de Agosto e os que tinham término em Alexandre Braga, junto ao Mercado do Bolhão, mudam-se para a rua do Bolhão.

Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, foi terminante na contestação a esta decisão da Câmara do Porto. “A solução apresentada pela Câmara do Porto continua a prejudicar os utentes de Gondomar. Da nossa parte, lamentamos que as propostas por apresentadas não tenham sido acolhidas nem existido diálogo por parte da Câmara Porto para encontrar alternativas”, lamentou o autarca em declarações à Agência Lusa.

Esta decisão mereceu ainda a reprovação de diversas autarquias como, por exemplo, a Junta de Freguesia de Rio Tinto, a União das Freguesias de Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim, a União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova, o PCP Gondomar e o PSD Gondomar.

Em resposta, a Câmara do Porto refere que investiu cerca de 200 mil euros para acolher o transporte público e os passageiros que vêm do exterior junto ao Estádio do Dragão.

, , , ,