“Rota da Floresta” arrancou na Câmara de Gondomar

Rota da Floresta - junho 2018

A Rota da Floresta está inserida no programa Eco-Escola / Foto: Direitos Reservados

No dia 4 de junho, cerca de 120 alunos passaram pelos Paços do Concelho, dando início à atividade “Rota da Floresta” no âmbito do projeto “Do CO2 ao O2”.

Mais de 100 alunos de oito agrupamentos de escolas, uma escola não agrupada e de um colégio liceal que aderiram ao Programa Eco-Escola, deram início à “Rota da Floresta”. A iniciativa está inserida no desafio “Do CO2 ao O2”, criado pela Associação Bandeira Azul da Europa e promovido pelo Município de Gondomar.

Os estudantes foram recebidos por Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, e Aurora Vieira, vereadora com o pelouro da Educação. Em seguida, entregaram ao Município as medidas e compromissos dos eco-estabelecimentos participantes: Agrupamento de Escolas (AE) Rio Tinto n.º 3, AE Infanta Dna. Mafalda, AE de Valbom, Colégio Paulo VI, AE de São Pedro da Cova, AE Santa Bárbara, AE n.º 1 de Gondomar e Escola Secundária de São Pedro da Cova, tendo o AE À Beira Douro estado ausente da sessão, apesar de ser outro dos participantes desta “Rota da Floresta”.

A “Rota da Floresta” pretende tornar-se uma ação catalisadora de sinergias entre as escolas e as suas respetivas autarquias (municípios e freguesias) com a premissa de agir pela proteção dos ecossistemas existentes no Município, com particular enfoque na floresta. “Estrutura-se em torno de uma atividade que visa ainda promover a mobilidade sustentável, e pôr em prática o exercício da cidadania alertando para os direitos, deveres e responsabilidades de cada um dos intervenientes”, informa a Câmara de Gondomar em comunicado.

Desta forma, o Município deverá, em articulação com as suas escolas, calendarizar e traçar o percurso, tendo em atenção as distâncias a percorrer entre escolas, a idade dos alunos, os meios de deslocação e os percursos mais seguros.

, ,