Secretário de Estado do Emprego visitou CINDOR

Octavio Oliveira

Octávio Oliveira conheceu alguns exemplos de sucesso saídos do CINDOR

Octávio Oliveira, secretário de Estado do Emprego, visitou a 15 de julho o CINDOR – Centro de Formação Profissional da Indústria de Ourivesaria e Relojoaria, acompanhado por Jorge Gaspar, presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

Numa altura em que está a ser preparado o decreto-lei que cria o Programa e Promoção das Artes e Ofícios, Octávio Oliveira, secretário de Estado do Emprego, visitou o único centro de gestão participada do Instituto de Emprego e Formação Profissional, criado especificamente para o setor da ourivesaria e da relojoaria
O representante do Governo, acompanhado por Jorge Mendes, presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional, reuniu com os órgãos sociais do CINDOR, na presença de instituições parceiras: a Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal, a Câmara Municipal de Gondomar, a União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim e o Centro de Emprego de Gondomar.
Durante o encontro, o joalheiro Marco Cruz, ex-formando do CINDOR, teve a oportunidade de apresentar o seu testemunho, enquanto caso de sucesso.
Segundo Eunice Neves, diretora do CINDOR, Octávio Oliveira, enalteceu “a visão estratégica e o empreendedorismo evidenciados pela nova direção e conselho de administração do centro”.
“A comitiva visitou os espaços de formação onde teve oportunidade de interagir com os formandos das modalidades de formação de Aprendizagem, Educação e Formação de Adultos, Vida Ativa e Competências Básicas”, afirma a responsável pelo CINDOR.
A oferta formativa do CINDOR vai desde as áreas técnicas da ourivesaria, passando pela informática e multimédia, comércio, gestão, marketing, empreendedorismo, higiene e segurança no trabalho, até às línguas estrangeiras.
Atualmente, o centro de formação conta com cerca de três mil formandos.

,