Senhor Sombra vencem 22.º Festival de Música Moderna Portuguesa

“Senhor Sombra” foram os grandes vencedores / Foto: Direitos Reservados

No dia 25 de agosto, a banda Senhor Sombra sagrou-se vencedora da 22ª edição do Festival de Música Moderna Portuguesa, no anfiteatro do Largo do Souto.

O júri do 22.º Festival de Música Moderna Portuguesa atribuiu a vitória desta edição à banda Senhor Sombra, que deixou pelo caminho a concorrência dos grupos Panic Resort e Ming Mao John.

À semelhança das edições anteriores, o concurso ocupou o anfiteatro do Largo do Souto de 4 a 25 de agosto, numa iniciativa organizada pela Associação Festival de Gondomar. Objetivo? Descobrir e proporcionar uma oportunidade única a uma banda de garagem de subir ao palco, perante centenas de pessoas.

Ao Vivacidade, Victor Macedo, mentor do festival, faz um balanço positivo da 22ª edição. “Contamos com bandas vindas de vários pontos do país, que também consideraram o vencedor justo. Foi, sem dúvida, uma final de grande qualidade e equilíbrio”, salienta o organizador.

Desta forma, os Senhor Sombra foram premiados com um mês de aulas na Escola de Jazz do Porto para cada um dos membros da banda. Victor Macedo pede, no entanto, mais apoio “no sentido de publicitar mais o evento, que é digno de voltar a ter prémios monetários para as bandas”, aponta, com o objetivo de ter um maior número de concorrentes.

Em 2019, o festival deverá repetir-se e assim será “enquanto a direção da Associação Festival de Gondomar tiver saúde e meios para preparar as edições seguintes”. “Prometemos continuar o trabalho, que nunca foi fácil e nunca será, mas sem trabalho árduo não há evento como o que acabamos de encerrar. Queremos aumentar o número de bandas e ter mais divulgação”, acrescenta Victor Macedo.

O Festival de Música Moderna Portuguesa contou com o apoio da Câmara Municipal de Gondomar e Escola de Jazz do Porto.

Pódio do 22.º Festival de Música Moderna Portuguesa
1.º – Senhor Sombra
2.º – Panic Resort
3.º – Ming Mao John

, , , ,