Slimmy falou sobre música na Casa da Juventude de Rio Tinto

Slimmy falou com os jovens sobre música / Foto: Direitos Reservados

Slimmy falou com os jovens sobre música / Foto: Direitos Reservados

O músico riotintenses Paulo Fernandes, conhecido por Slimmy, passou pela Casa da Juventude de Rio Tinto, a 1 de outubro, para falar de música com um grupo de jovens.

A Casa da Juventude de Rio Tinto promoveu mais uma sessão inserida na rúbrica “(Dez)conversando com…” no âmbito das iniciativas de comemoração do 10.º aniversário do espaço riotintense. Slimmy, músico e autor dos temas “Beatsound Loverboy” e “Um Anjo Como Tu”, foi o convidado de honra da sessão e falou sobre vários temas relacionados com a indústria musical, no Dia Mundial da Música.

O músico falou sobre o início dos 15 anos de carreira, a experiência em Londres, os êxitos musicais nas séries e novelas televisivas e nas dificuldades para singrar na música em Portugal.

“Os músicos do Porto têm mais dificuldades porque é em Lisboa que estão as rádios e as editoras. Isso obriga-nos [bandas do Porto] a ser melhores e a trabalhar mais”, referiu Slimmy.

No período de questões abertas ao público o músico falou sobre as diferenças de tratamento aos músicos nacionais e internacionais, das receitas atribuídas aos músicos pelas rádios e programas de streaming e da certeza de voltar a cantar em inglês após um período a cantar em português.

, , , ,