Turbogás abriu portas da Central da Tapada do Outeiro

Dia da Tapada do Outeiro - fevereiro 2019

A central abriu as portas à comunidade / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Turbogás promoveu, no dia 9 de fevereiro, o Dia da Tapada do Outeiro, iniciativa que abriu as portas da Central de Ciclo Combinado à comunidade. Esta ação visa aproximar a Central à população.

A Central de Ciclo Combinado da Tapada do Outeiro teve, no início deste mês, um dia aberto à comunidade, que levou centenas de curiosos a esta infraestrutura da empresa Turbogás, localizada em Medas.

O evento, além de procurar melhorar o conhecimento das comunidades locais sobre a atividade diária da Central, teve ainda como objetivo a demonstração, de uma forma simplificada do “nascimento da energia” e o impacto que a Central tem na comunidade em que se insere.

“Sempre tivemos uma política de portas abertas. Contudo, sendo uma instalação industrial sabemos que temos impacto na comunidade, por isso quisemos mitigar esse impacto e mostrar o que fazemos aqui, diariamente. É o que se pretende com esta iniciativa”, afirma Carla Silva, da Turbogás.

Desta forma, além de uma visita guiada por alguns dos espaços mais relevantes da Central, a iniciativa proporcionou ainda vários momentos de animação a todos os visitantes. O programa incluiu a inauguração da exposição resultante do concurso “O que é a energia?”, um desafio lançado pela Turbogás aos estabelecimentos de ensino do Agrupamento de Escolas à Beira Douro.

“Contamos repetir esta iniciativa, mas importa referir que temos as portas abertas todos os dias. Esperamos que as pessoas tenham interesse em visitar-nos mais vezes”, acrescenta a representante da Turbogás.

Marco Martins, presidente do Município de Gondomar, também marcou presença na iniciativa e deixou elogios à política porta-aberta da Central da Tapada do Outeiro. Ao Vivacidade, o edil gondomarense referiu que esta é uma forma “de mostrar ao concelho uma das mais importantes empresas que aqui temos instalada”.

“A Turbogás representa um volume significativo de negócios e produz 10 a 12% da energia elétrica consumida em Portugal. É uma empresa com grandes preocupações ecológicas e com um forte sentido de responsabilidade social. É, por isso, motivo de orgulho para nós, gondomarenses, tê-la sediada no nosso território”, concluiu o autarca.

A visita guiada foi liderada por Perfeito Isabel, diretor-geral da Turbogás e Portugen, e António Magalhães, diretor da Central da Tapada do Outeiro.

, , , ,