UD Sousense e SC Rio Tinto confiantes para a próxima época desportiva

O Sousense mantém a base da época passada / Fotos: Ricardo Vieira Caldas, Pedro Santos Ferreira

O Sousense mantém a base da época passada / Fotos: Ricardo Vieira Caldas, Pedro Santos Ferreira

Agosto é mês de férias, regresso ao trabalho e início da nova época desportiva. Em 2014/2015, a UD Sousense, no Campeonato Nacional de Seniores, e o SC Rio Tinto, a competir na Divisão de Elite Pro-Nacional, deram cartas e superaram as expectativas. Ambas as equipas estão agora motivadas para o arranque das competições e o Vivacidade foi conhecer as ambições dos presidentes, treinadores e atletas para esta temporada.

A fase regular do Campeonato Nacional de Seniores (CNS) iniciou a 22 de agosto, no estádio 1.º de Dezembro, na Foz do Sousa, com a UD Sousense a perder com o SC Coimbrões, por 1-2. Contudo, o mau arranque no campeonato não abala as convicções da equipa para a nova época 2015/2016.

Para José António Martino, presidente recém-eleito a 7 de agosto, o principal objetivo é “manter o clube no CNS” com a ajuda de um “plantel moralizado pelos resultados obtidos na época passada”. Recorde-se que a UD Sousense ficou em 4.º lugar na Fase Subida – Zona Norte da competição na época passada, resultado “de sonho” para o dirigente.

“O clube apresenta uma situação estável e apesar de todas as dificuldades que surgem temos conseguido superar os obstáculos com grande esforço e dedicação. Este ano temos um bom plantel formado por jogadores novos e jogadores que já cá estavam, por isso queremos igualar a prestação da época passada, se possível”, afirma José Martino.

Já Manuel Jorge, treinador, acredita que os maiores reforços “são os jogadores da casa”. O técnico mostra-se satisfeito com o plantel que dispõe e admite ter alcançado o objetivo de “manter a base da época passada”, um pedido feito à direção.

“Conseguimos reforçar-nos nas posições que estariam em falta e temos um plantel equilibrado que oferece garantias para realizar uma boa época. Temos que pensar primeiro em atingir a manutenção e o mais rápido possível”, refere Manuel Jorge, em declarações ao Vivacidade.

O desaire frente ao SC Coimbrões, na 1ª jornada do CNS, não desmotiva os atletas e José Augusto, avançado de 38 anos e capitão da equipa, pede “paciência aos adeptos” para o início da temporada. “Saíram jogadores importantes, entraram atletas jovens e esperamos que os adeptos tenham paciência no início porque estamos com um grupo novo”, diz o porta-voz da equipa.

Sem esquecer a “época de sonho” do ano passado, o capitão sublinha que o objetivo é o mesmo, manter a UD Sousense no CNS e “somar o máximo de pontos possíveis na fase regular”.

Na 2ª jornada do Campeonato Nacional de Seniores, o Sousense desloca-se a Vila Real para defrontar o SC Vila Real no Complexo Desportivo Monte da Forca.

Os treinos decorrem a bom ritmo no SC Rio Tinto / Foto: Pedro Santos Ferreira

Os treinos decorrem a bom ritmo no SC Rio Tinto / Foto: Pedro Santos Ferreira

SC Rio Tinto motivado para a nova época

No estádio Cidade de Rio Tinto os treinos decorrem a bom ritmo. Sérgio Machado, treinador, orienta a equipa riotintense pela segunda época consecutiva e mostra-se motivado para iniciar a competição na Divisão Elite Pro-nacional, da Associação de Futebol do Porto (AFP).

“Foi importante mantermos o plantel porque fizemos uma época passada muito positiva e isso é sinal da qualidade do grupo. Além disso, este ano não foi necessário começar do zero, apesar das saídas de três jogadores que faziam parte da base da equipa. Tenho confiança nos reforços que vão encaixar bem no plantel e nas ideias que temos”, admite o técnico principal do SC Rio Tinto.

João Macieira (ex-AR São Martinho), Bruno João (ex-Leça FC), Bruno Teixeira (ex-Valadares FC), André Oliveira (ex-Pedras Rubras FC), Fábio Pinto (ex-Nogueirense FC), André Xavier (ex-CR Zebreirense) e Pablo Santos (ex-Leça FC) são as caras novas do plantel 2015/2016.

Para Sérgio Machado, “foi importante o presidente conseguir convencer grande parte dos jogadores a ficar”. O treinador admite que, este ano, o SC Rio Tinto vai merecer o respeito dos adversários, consequência do resultado obtido na época passada (3.º lugar). “No ano passado os nossos adversários viram-nos como uma equipa que ia lutar para não descer e esta época já conhecem o nosso potencial. As equipas desta competição reforçaram-se bem e sabemos que não vai ser fácil repetir a prestação do ano passado mas temos a ambição de subir de divisão e vamos lutar até ao último jogo”, promete o treinador.

No seio do grupo vive-se com ansiedade a espera pelo início do campeonato. Ivo Coimbra, 30 anos, guarda-redes, mostra-se confiante em “fazer melhor do que na época passada” e considera o plantel “mais forte e com mais soluções”.

Dani, 18 anos, médio, subiu à equipa sénior do SC Rio Tinto e mostra-se satisfeito com o acolhimento da equipa. O jovem promete “dar o melhor” pelo clube.

Já Maga, 27 anos, avançado, quer igualar a marca pessoal do ano passado (3.º melhor marcador da Divisão de Elite) para ajudar a equipa a “fazer ainda melhor”.

Ao Vivacidade, Jorge Pina, presidente da direção, recorda o “surpreendente” trabalho desenvolvido em 2014/2015 com orgulho, mas não assume a subida de divisão como principal objetivo. O presidente do SC Rio Tinto promete antes “lutar até ao fim pelo melhor resultado possível”.

“Vamos tentar manter a aposta nos mesmos objetivos mas estamos cientes que os adversários também fizeram essa aposta. Na Taça de Portugal também queremos ir o mais longe possível porque é uma competição que nos interessa, até pelo valor dos prémios de jogo”, admite Jorge Pina.

O presidente lança ainda o repto à Câmara Municipal de Gondomar para avançar com o relvado sintético no estádio Cidade de Rio Tinto. Para o dirigente a aposta no sintético seria “muito importante para o clube”.

O SC Rio Tinto vai estrear-se a 9 de setembro frente ao CRPP Barrosas, em Felgueiras.

, , , , , , ,