União das Freguesias presta homenagem aos mineiros de São Pedro da Cova

Monumento São Pedro da Cova - agosto 2017

Inauguração do monumento / Foto: Pedro Santos Ferreira

A União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova prestou homenagem aos operários mineiros de São Pedro da Cova, no dia 5 de agosto, na Junta de Freguesia de São Pedro da Cova.  

A música de Sérgio Godinho serviu de inspiração para intitular o monumento de homenagem aos operários mineiros de São Pedro da Cova. “Que força é esta que trazes nos braços?” é o nome da obra idealizada pelo arquiteto Mário Marques e concebida pela empresa Ricardo & Barbosa, Lda. O monumento foi inaugurado no dia 5 de agosto, à entrada da Junta de Freguesia de São Pedro da Cova e contou com a afluência de dezenas de pessoas e alguns ex-mineiros.

“Esta obra tem um significado especial e permite que a freguesia tenha mais um elemento que retrate esta atividade que alterou significativamente a vida da freguesia”, começou por dizer Daniel Vieira, presidente da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova.

Por sua vez, o padre Fernando Rosas a homenagem é merecida e vem dar uma nova utilidade à pedra de carvão que se encontrava na Igreja Matriz de São Pedro da Cova. “Não sabíamos o que havíamos de fazer a esta pedra, mas sabíamos que não a podíamos deitar fora, porque ela é demasiado valiosa para nós”, referiu o pároco em discurso.

Mário Marques, autor do monumento, explica que a peça foi concebida para “provocar a sensação de sair do chão, sair da mina”. “Ao fim ao cabo, a ideia era que isto fosse um braço com o seu músculo, representado pelo carvão”, diz em entrevista ao nosso jornal.

A obra é formada por chapas de aço corten, unidas em forma de um triângulo escaleno, interrompidas ao centro por vidro que permite expor o bloco de carvão mineral extraído das Minas de Carvão de São Pedro da Cova.

, , , ,