União de Freguesias distinguiu movimento associativo de Fânzeres e São Pedro da Cova

Reconhecimento público dirigentes associativos - julho 2016

A cerimónia realizou-se na Escola Secundária de São Pedro da Cova / Foto: Pedro Santos Ferreira

No dia 5 de julho, a Escola Secundária de São Pedro da Cova foi palco de uma iniciativa inédita de reconhecimento público a mais de 150 dirigentes associativos de Fânzeres e São Pedro da Cova.

A Junta das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova reconheceu e distinguiu o trabalho promovido pelas coletividades de ambas as freguesias com a realização de uma cerimónia pública na Escola Secundária de São Pedro da Cova.

A iniciativa prestou homenagem a mais de 150 dirigentes associativos, que foram distinguidos nas categorias de 10, 25 e 50 anos de atividade cultural, desportiva e social.

“Esta iniciativa surgiu no movimento associativo quando discutíamos o regulamento de apoio às coletividades locais. Queremos dizer que sem a vossa ajuda as freguesias paravam e não tinham a dinâmica que têm. O objetivo desta iniciativa é valorizar o trabalho que vocês desenvolvem e dar-vos um estímulo para continuarem a demonstrar essa disponibilidade genuína e desinteressada”, afirmou Daniel Vieira, presidente da União das Freguesias.

Por sua vez, Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, associou-se ao evento para felicitar a União de Freguesias pela iniciativa de reconhecimento público. “Queremos felicitar a autarquia por esta iniciativa e queremos reconhecer quem tirou tempo à família, ao trabalho e a muitas outras coisas para se dedicar às suas associações e à vida pública”, disse o presidente do Município, após anunciar o aumento de 20% no Programa de Apoio ao Movimento Associativo.

O reconhecimento público ao movimento associativo contou com a presença de representantes da Câmara Municipal de Gondomar, da Federação das Coletividades do Concelho de Gondomar, da Federação das Coletividades do Distrito do Porto e da Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto.

Camilo e Rosa distinguidos pelos 50 anos de associativismo
As últimas medalhas da noite , de 50 anos de atividade associativa, foram entregues a Camilo, 85 anos, e Rosa, 88 anos, um casal que dedicou grande parte da sua vida ao Rancho Folclórico do Passal. Em discurso emocionado, Camilo agradeceu a distinção. “Nasci em São Pedro da Cova e amo esta terra. Espero que todos os dirigentes associativos se dediquem seriamente a olhar para os seus lugares na freguesia e que estejam sempre disponíveis para fazerem o que é necessário pela vossa terra”, conclui o membro do Rancho do Passal.

, , , ,