Universidade Sénior de Gondomar comemorou 10.º aniversário

Universidade Sénior de Gondomar

A Universidade Sénior de Gondomar tem sede na Ala de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Universidade Sénior de Gondomar (USG) comemorou o 10.º aniversário da instituição a 15 de março, no edifício da Ala Nun’Álvares de Gondomar, sede da USG.

As comemorações do 10 anos da Universidade Sénior de Gondomar iniciaram a 14 de março com a realização do 1.º Workshop de Medicina Tradicional Chinesa. A iniciativa contou com uma apresentação prática de Acupuntura Sistemática e Auricular, bem como uma demonstração de técnicas de massagem.

No dia 15 de março, ponto alto das comemorações, realizou-se uma missa solene na Igreja Matriz de Gondomar em honra dos alunos e professores da USG. Durante a tarde realizou-se a sessão solene do 10.º aniversário que contou com a presença de José António Macedo, presidente da União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim, Luís Jacob, presidente da Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS) e Aurora Vieira, vereadora da Câmara Municipal de Gondomar.

O evento serviu também para premiar os alunos de mérito e encerrou com o espetáculo “O Último a Sair que Apague a Luz”, do humorista Óscar Branco.

A 16 de março realizou-se uma sessão de rastreio, com análises clínicas ao colesterol e glicemia, controlo de tensão arterial e de osteoporose, com o apoio do Hospital-Escola da Universidade Fernando Pessoa.

José António Macedo - março 2016

José António Macedo, presidente da União de Freguesias de Gondomar, Valbom e Jovim / Foto: Pedro Santos Ferreira

“Estivemos na vanguarda das universidades seniores”

Em entrevista ao Vivacidade, José António Macedo, recorda a fundação da USG, projeto iniciado em 2005. “Embora só tenha sido inaugurada em 2006, a USG começou a ser projetada no ano anterior. Senti-me motivado a criar uma Universidade Sénior graças ao elevado número de reformas antecipadas proporcionadas pelo Governo em 2005”, lembra o autarca.

Para o presidente da União de Freguesias de Gondomar, Valbom e Jovim, o início do projeto, com cerca de 50 alunos e sete professores, marcou “o arranque de um grande projeto”.

“Estivemos na vanguarda das universidades seniores. No início só tínhamos três salas, fruto de um acordo de parceria celebrado com a Ala de Gondomar, mas acabamos por aumentar rapidamente o número de salas. Além disso, o edifício estava degradado e tivemos que o remodelar”, afirma José António Macedo.

Hoje, a USG conta com 320 alunos inscritos e cerca de 50 professores voluntários que “fazem questão de o ser”. A instituição tornou-se uma referência para os alunos que a frequentam.

“Não imaginava que o projeto fosse crescer tão rapidamente. Felizmente as instalações e a nossa organização permitiram esse crescimento saudável”, sublinha o presidente da União de Freguesias.

Recentemente a USG recebeu um apoio pontual de 2500 euros, apoio que o autarca não considera equitativo. “O apoio da autarquia não é equitativo porque a Universidade Sénior de Rio Tinto tem instalações cedidas pelo Município e nós não, temos instalações arrendadas e pagamos cerca de 1100 euros por mês”, lamenta.

No futuro, José António Macedo, admite a possibilidade de criar polos da USG nas freguesias de Valbom e Jovim. Segundo o autarca, está também prevista a hipótese de “introduzir um ensino formal, com avaliação, nas Universidades Seniores que integram a RUTIS (Rede de Universidades Seniores)”.

Alunos e professores da Universidade Sénior de Gondomar:

José Melo - Universidade Sénior de GondomarJosé Melo, professor de Canto Coral, Viola, Tuna e Cavaquinho:

“Estou cá desde o início do projeto. Ser professor na USG é maravilhoso porque todos aprendem a tocar os vários instrumentos, tudo em família”

Ferreira da Costa - Universidade Sénior de GondomarFerreira da Costa, aluno:

“Comecei a frequentar a USG quando me reformei. Gostava de aprender viola e surgiu esta oportunidade. Também frequento o teatro, a tuna e as danças regionais”

Artur Rocha - Universidade Sénior de GondomarArtur Rocha, professor de Fotografia Digital e Analógica:

“Por brincadeira surgiu o convite que aceitei imediatamente. É um projeto aliciante que arranca as pessoas de casa. Reformei-me e agora estou inteiramente dedicado à USG”

Deolinda Monteiro - Universidade Sénior de GondomarDeolinda Monteiro, aluna:

“Decidi vir para a USG porque gostava de pintura. No primeiro ano comecei com pintura e espanhol, depois fui para informática, internet e agora estou em fotografia digital, pintura e francês”

, , , ,