Virgílio Macedo visitou CINDOR

Visita CINDOR

Foto: RVC

Presidente da Comissão Política Distrital do PSD do Porto elogia “competências únicas na indústria da ourivesaria”

O presidente da Comissão Política Distrital do PSD do Porto, Virgílio Macedo, reuniu, no dia 9 de fevereiro, com a direção do Centro de Formação Profissional da Indústria de Ourivesaria e Relojoaria (CINDOR), em Gondomar. A reunião incluiu também uma visita às instalações.

Com o principal objetivo de “trocar impressões sobre os projetos do CINDOR”, Virgílio Macedo visitou as instalações do Centro acompanhado por membros da distrital e concelhia do PSD, bem como pela deputada gondomarense da Assembleia da República, Margarida Almeida.
Ao Vivacidade, o presidente da distrital do PSD confessou já conhecer o trabalho realizado pelo CINDOR que “tem competências únicas na indústria da ourivesaria.” “Viemos aqui trocar impressões sobre os projetos que o CINDOR tem para o futuro. Temos um saber única nesta indústria que é procurado por alunos portugueses e estrangeiros e penso que cada vez mais apostamos na diferenciação e em Gondomar esse caminho tem sido trilhado, até para a internacionalização”, afirmou Virgílio Macedo. O social-democrata elogiou o trabalho feito em Gondomar e disse ser “fundamental para o país apostar no que se é bom e competitivo.” “Nesta indústria temos grande conhecimento o que nos diferencia de muitos países. Vemos muitas revistas de moda internacionais com peças produzidas aqui, em Gondomar, e isso é o reconhecimento da capacidade e do dinamismo das empresas do concelho”, explicou, acrescentando que a ourivesaria precisa de “investimentos inovadores que incrementem profundidade e penetração nos mercados internacionais.”

Visita CINDOR 2

Foto: RVC

Mercado esse que, na opinião de Margarida Almeida, o CINDOR já se instalou. “Nos últimos anos tem-se feito um grande trabalho no CINDOR que é uma casa de referência a nível internacional. Aqui prevalece a nossa riqueza. O CINDOR quer profissionalizar a ourivesaria e a relojoaria para trazer a juventude de Gondomar e não só”, disse a deputada da Assembleia da República. O líder da concelhia de Gondomar, José Luís Oliveira, também concordou com a representante do parlamento, referindo que “esta escola profissional tem originado bons ourives” que podem agora apostar no Parque Tecnológico da Ourivesaria de Gondomar.

, ,