Volta a Portugal: 8ª etapa partiu de Rio Tinto

Marco Martins cortou a fita da partida simbólica / Foto: Pedro Santos Ferreira

A 79ª Volta a Portugal passou por Gondomar no dia 13 de agosto. Rio Tinto recebeu a partida da 8ª etapa, que fez a ligação a Oliveira de Azeméis.

Dois anos depois, Gondomar voltou a ter uma partida na Volta a Portugal em bicicleta. Desta vez, foi Rio Tinto a receber a antepenúltima etapa da competição, com partida da Avenida do Rio Tinto.

O percurso fez a ligação até Oliveira de Azeméis e contou com uma passagem por Rio Tinto, Fânzeres, Gondomar (São Cosme), Jovim, Foz do Sousa e Melres.

No final, o espanhol Garcia de Mateos (Louletano – Hospital de Loulé) sagrou-se vencedor, tendo subido ao segundo lugar da classificação geral, após a vitória.

A etapa foi dura para os atletas que contaram com temperaturas acima dos 30 graus, num percurso que ficou para a história como a primeira hora de competição cumprida à velocidade mais rápida desta edição.

Recorde-se que a 79ª Volta a Portugal foi vencida pela equipa W52 – FC Porto – Mestre da Cor, que liderou a competição desde a primeira etapa.

“Queremos que a Volta continue em Gondomar”

Ao Vivacidade, Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar, mostrou-se satisfeito com o regresso da Volta a Portugal ao concelho. Segundo o autarca, a prova é “fundamental”. “Este ano o percurso foi diferente e permitiu percorrer Gondomar de lés-a-lés. Começou em Rio Tinto e acabou em Melres, que é um motivo de orgulho para nós”, disse o edil gondomarense, que espera ver novamente a prova em Gondomar no próximo ano.

Já Joaquim Gomes, diretor da Volta a Portugal, viu o regresso da volta a Gondomar “com naturalidade”. De acordo com o responsável pelo evento, “em Gondomar, a adesão do público está sempre garantida, sendo um concelho que faz parte dos desígnios da Volta a Portugal”.

, ,