A preocupação é Gondomar e os gondomarenses

Nos tempos que correm cada vez mais é exigido aos nossos atores públicos que planeiem, preparem e tenham seriedade nas suas decisões. É necessário solidez, fundamentação e uma correta gestão das expectativas dos gondomarenses nas suas opções políticas.

Não obstante os avisos que os eleitos locais do PPD/PSD têm feito, esta é uma trajetória que o executivo do partido socialista (PS) na Câmara Municipal de Gondomar (CMG) não percorre, nem dá sinais de o querer fazer. A resistência a uma nova e correta forma de gestão esta francamente marcada nas decisões do partido socialista e revelou-se, agora, na questão do endividamento autárquico.

Esta atitude de recolha de informação, planeamento, fundamentação e gestão de expectativas falhou redondamente com o atual executivo do PS. E, mais uma vez, depois do regabofe e festarola do PS cabe ao PPD/PSD encontrar uma solução para Gondomar e para os gondomarenses.

Nós apontamos alternativas e fazemos uma oposição construtiva. Não alinhamos em foguetórios, promessas vãs ou episódios inconsequentes. Baseamos as nossas opções com conhecimento e com a maturidade que o tempo e a reflexão fornecem.

Por isso é que, durante o ano passado, defendemos que o caminho para a redução da dívida da CMG deveria ser feito de forma equilibrada e com concertação entre todas as forças políticas. Agora que batemos no fundo as consequências podem ser bem mais gravosas.

Estamos solidários com a CMG mas a nossa principal preocupação é Gondomar e os gondomarenses!

, ,