Gondomar pode ser muito mais…

No passado dia 14 tivemos a abertura da Cidade Europeia do Desporto. Foi e é um momento muito importante para o nosso Município. A passagem de testemunho de Setúbal, cidade detentora do título de Cidade Europeia do Desporto fez-se com toda a pompa e circunstância.

Gondomar está de parabéns e agora é preciso aproveitar 2017 para levar este evento à maioria dos gondomarenses. Não basta dizer que Gondomar tem um grande número de associações, que tem mais de sete mil atletas federados e que mais de 70 mil pessoas têm ligação a um clube.

É chegado o momento de olhar para todas as associações, sem exceção. Todos sabemos bem o quanto elas são importantes na vida de milhares de gondomarenses, mas muitas vezes o poder esquece-se e não lhes dá qualquer apoio, demonstrando não perceber o quanto elas são importantes e necessárias, nunca nos devemos esquecer que só com muita dedicação, esforço e muito sacrifício é que a maioria delas sobrevivem.

É de louvar o espírito de dedicação de tantos homens e de tantas mulheres que todos os dias dão o melhor de si para que muitos dos nossos jovens encontrem no desporto e na cultura uma forma saudável de vida.

Este ano os gondomarenses serão de novo chamados a escolher os seus representantes, para as Assembleias de Freguesia, Assembleia Municipal e Câmara Municipal, depois de 20 anos de uma gestão de má memória (PSD/Valentim) tivemos um mandato de maioria absoluta do Partido Socialista.

É chegada a hora de eleger homens e mulheres que tragam novas ideias e novas propostas políticas para um desenvolvimento sustentado. As questões do Ambiente têm de merecer cada vez mais uma maior preocupação e respostas mais rápidas, a mobilidade tem de ser tomada a sério, a situação dos nossos idosos tem de merecer uma maior atenção e não podemos fingir que nada se passa à nossa volta. Infelizmente a realidade é que cada vez existem mais idosos isolados ou abandonados.

Com a nova realidade de gestão dos STCP devemos criar as condições para resolver um problema muito grave que deixa muitos cidadãos sem alternativa para se deslocarem dentro do seu concelho.

A tarifa social da água tem de ser simplificada para que os munícipes que dela necessitem possam beneficiar desta importante ajuda.

Não dar tréguas no combate à pobreza, à exclusão e às desigualdades sociais.
O combate á precariedade tem que estar presente em todos os momentos e em todas as decisões as autarquias têm de dar o exemplo e para isso têm de pôr um ponto final nos contratos de inserção que são uma vergonha.

Gondomar precisa de uma Esquerda de Confiança há semelhança do que acontece no Governo da Republica também em Gondomar o Bloco de Esquerda faz FALTA.

, ,