Jornadas Parlamentares do Grupo Parlamentar do PCP no Porto

O Grupo Parlamentar do PCP realizou, a 10 e 11 de outubro, as suas Jornadas Parlamentares no distrito do Porto, trazendo como tema central a defesa da produção nacional, a necessidade da criação de emprego e do reforço de direitos.

Defender a produção nacional para reduzir a dependência do estrangeiro e assegurar o desenvolvimento soberano do país.

Produzir mais para dever menos e para criar mais emprego.

Criar mais riqueza e distribuí-la com mais justiça, valorizando o trabalho e os trabalhadores e reforçando os direitos sociais.

Foi neste âmbito que foram realizadas, nos dois dias que duraram as Jornadas, visitas e reuniões de trabalho com organizações representativas dos trabalhadores, associações de produtores, empresas, associações empresariais, autarquias, unidades de saúde e de ação social, estabelecimentos de ensino e unidades de investigação, instituições culturais e comissões de utentes de serviços públicos, designadamente na área dos transportes urbanos, naquele que foi um vasto conjunto de contactos, que permitiu ao Grupo Parlamentar do PCP atualizar e aprofundar o seu conhecimento sobre os grandes problemas económicos e sociais do distrito, o que terá tradução em iniciativas legislativas a apresentar na Assembleia da República.

Um dos temas que mereceu especial atenção foi o das acessibilidades e do direito à mobilidade das populações, reforçando-se a necessidade do cumprimento do Projeto de Resolução apresentado pelo PCP, defendendo o prolongamento da linha do metro até à Trofa, além das ligações a Gaia (Vila D’Este) e Gondomar.

Um outro destaque destas Jornadas foi o setor da ourivesaria, com importância no tecido económico do concelho de Gondomar, mas também importância para o distrito, sendo um setor que se carateriza por uma grande resiliência e que apresenta um significativo potencial de expansão, fruto do reconhecimento nacional e internacional pela qualidade das peças produzidas.

É por isso um setor que importa valorizar e apoiar, criando as condições necessárias para que cresça, ultrapassando os entraves existentes, designadamente as alterações recentemente introduzidas ao regime jurídico da contrastaria – que se traduziu num aumento significativo dos preços e do tempo de resposta que o processo de contraste demora.

O Grupo Parlamentar do PCP irá intervir com a apresentação de iniciativas legislativas que respondam a estes (e a outros) problemas identificados nestas Jornadas.

, ,