Lesões de pele

Estimado leitores, sei que não estamos em altura de verão, em que a motivação e atenção a estas lesões dérmicas estão mais na “ordem do dia”, pois existe a ideia que os tumores da pele só aparecem com a exposição ao sol. É certo que este fator é muito importante porque aumenta o risco de cancro da pele, mas não é o único. O cancro da pele, sendo reconhecido como um dos mais agressivos, quando se manifesta é muitas vezes tarde, com metástases muito agressivas pelo fígado e outros órgãos importantes, colocando em risco a vida do doente. Devem ter atenção a pequenas lesões da pele que se vão transformando, mudando de coloração, especialmente se ficaram negras…

Sendo relativamente fácil de pesquisar, pois são lesões que são passíveis de ser observadas diretamente, requerem conhecimentos médicos para avaliar as que são perigosas ou que podem transformar-se em lesões graves. Na dúvida estas lesões devem ser extraídas, mas aqui também requerem conhecimentos médicos e cirúrgicos em especial por colegas de dermatologia. Devem, no entanto, mostrar ao vosso médico de clínica geral e de família as lesões que levantam suspeitas para que este faça uma avaliação inicial para depois enviar a quem achar por conveniência mais habilitado para tratar especificamente este doente.

Em conclusão, ao observar o vosso corpo ou alguém que viva consigo lhe chamar atenção sobre pequenos sinais diferentes, ou que estejam a mudar de cor, consultem o vosso médico e peçam uma opinião.

Até breve…

,