“Os comunistão são uns mentirosos! Tenham cuidado com eles…” *

A CDU é a única força partidária de Gondomar que parece continuar em campanha eleitoral. A CDU é a única força partidária que emite constantes comunicados. A CDU é, principal e assustadoramente, a única força partidária que, em Gondomar, propaga mentiras! Fujam…

Um ano depois das eleições de 2017 – nas quais o Movimento Independente que integro participou, conseguindo ser a segunça força mais votada – é assim que, para alguns (ou apenas para um…) se resume o último ano de falta de atividade e de projetos.

Depois da vitória de 2017 do Partido Socialista em Gondomar, pouco ou quase nada aconteceu. Assinalam-se datas no Facebook, mostram-se fotografias no Facebook, conta-se metade da “nossa” vida privada no Facebook e, em termos de trabalho, “trabalha-se” para o Facebook.

Foi com muita curiosidade que, há uns dias, li a avaliação do nosso presidente da Câmara em relação a estes últimos 365 dias – sim, 365, pois há quem trabalhe de segunda a segunda, fazendo questão de o demonstrar… e de meter as convenientes fotografias no Facebook.

O presidente da Câmara de Gondomar fala de “machadadas”. Diz que uma dessas machadadas, em especial, pode comprometer o futuro. E, como lhe continua a ser normal cinco anos após a sua primeira eleição, insiste em empurrar todas as responsabilidades para o passado. Mas há algo que não “funciona” bem… O presidente da Câmara fala de “machadadas” e “ameaça” os gondomarenses com a eventualidade de se perderem fundos comunitários. Mas, surpreendentemente, a sua equipa de vereadores anda um pouco por todo o concelho a anunciar os dinheiros que virão do quadro cumunitário 2020 e as imensas obras que com tais verbas se irão fazer.

Em que ficamos? Há diheiro comunitário? Não há? Mente o presidente ou mentem os vereadores?

Ah! Pois… Quem mente e propaga mentiras é a CDU de Gondomar, esse conjunto de indomáveis resistentes que não quer progesso, não quer verdade e não quer tudo.

Venha, então, o saneamento financeiro! E aproveite-se, com tal, para esclarecer (de uma vez por todas) de quanto é a dívida da Câmara de Gondomar. E quem é responsável pela mesma. E que esses responsáveis que nos digam onde gastaram o dinheiro. Ou, como admito parcialmente, onde investiram o dinheiro.

Sobre o balanço deste primeiro ano (deste segundo mandato do PS), o Movimento liderado por Valentim Loureiro teve a frontalidade de dizer que foi de “muita parra, mas pouca uva”, acrescentando, como já escrevi no passado, que temos “muitas deliberações, ainda mais anúncios e constantes publicações nas redes sociais, mas, em termos de trabalho, muito pouco”. Ainda em termos de balanço, o PSD aponta o “agravamento da vida dos gondomarenses” (e os aumentos nas rendas, IMI, água, saneamento e taxa de resíduos sólidos).

Mas o mal – a génese de todos os males… – está, para o PS Gondomar, numa outra força partidária… Os eleitos da CDU consideram que “o PS fez uma grande propaganda da redução da dívida e, no final, nada aconteceu como anunciado”. Como é que se atrevem? Ninguém pode dizer tal do Executivo do PS em Gondomar e, pior, afirmar que fazem um balanço “negativo”!

Nós, independentes, tivemos palavras elogiosas do presidente da Câmara. “Uma postura construtiva fruto da experiência…”, disse. Mas olhe que não, olhe que não! Subscrevemos o que a CDU disse. E, por isso, também queremos passar a fazer parte desse grupinho de eleitos que não se limita a “abanar a cabeça. Ou seja, também estaremos em constante campanha eleitoral “com constantes comunicados e mentiras”.

Como estas linhas que acabei de escrever…

*citação claramente inventada mas inspirada nos pesadelos de um certo presidente de Câmara

, ,