Ozonoterapia, uma nova tecnologia na medicina

Numa constante investigação de novas armas terapêuticas, surge a ozonoterapia, graças à produção de equipamentos que tornam possível injetar este gás medicinal em determinadas zonas do corpo humano após manipulação adequada e agora possível.

Patologias como as lombalgias, vulgarmente designadas dores nas costas, podem hoje ver ampliadas a suas possibilidades de tratamento, que a par de outros métodos já conhecidos, como a acupunctura ou a fisioterapia adequada e de qualidade, podem ser eficazes. Hérnias discais lombares, podem ser tratadas também por estes métodos de ozonoterapia, evitando-se em muitos casos o tratamento cirúrgico, que deve ser, deste modo, restrito aos casos clínicos que se mostrem de mais difícil tratamento.

A ozonoterapia, a par de outras técnicas de tipo regenerativo molecular, tem assim uma ampla aplicação na medicina, tais como tratamento de artroses de várias articulações como o joelho ou tornozelo. Outro tipo de tratamentos regenerativos, tais como fatores de crescimento plaquetário, estão ao nosso alcance para podermos potenciar os tratamentos de várias patologias em especial do foro ortopédico.

É na investigação médica que está a solução para muitas patologias e para melhorar o tratamento das mesmas. Sendo a ozonoterapia, uma técnica que não sendo recente, torna-se hoje mais adequada a sua utilização graças ao desenvolvimento da bio-engenharia, que na produção de aparelhagem sofisticada, torna mais fácil a aplicação de tratamentos mais eficazes.

,