Potenciar o Monte Crasto

O concelho, mas particularmente a cidade de Gondomar, não se podem dar ao luxo de relativizar a importância de um espaço tão importante, com potencialidades enormes enquanto espaço de lazer e de contacto com a Natureza, como é a infraestrutura Monte Crasto.

Na verdade tem-se notado ultimamente uma maior preocupação das entidades gestoras do espaço, seja a Câmara Municipal seja a Confraria de Sto. Isidoro, em intervir mais ativamente na manutenção e limpeza dos jardins como também na limpeza dos arruamentos existentes, numa manifestação real da vontade de proteger este espaço do abandono a que esteve votado durante anos seguidos.

Tal mudança de paradigma, contudo, tem sido algo insuficiente relativamente àquelas que são as necessidades quotidianas de intervenção em toda a sua área, pois a apetência intrínseca da infraestrutura para captar a visita e a presença dos gondomarenses acaba por se derreter na sensação de algum abandono que ainda se respira na ambiência de toda a sua área. Com efeito reconhecendo-se estarmos perante um crescendo na quantidade de visitantes da infraestrutura, a verdade é que a dinâmica de quem a frequenta poderia ser claramente ampliada, houvesse uma mais ousada confluência de vontades e esforços entre a Confraria e o Município, em prol da sua completa reabilitação.

O concelho de Gondomar não é tão pródigo assim em espaços tão atrativos e motivadores como o Monte Crasto é pelo que, sendo um dos seus poucos ativos, é inequívoca incumbência da autarquia promover, em associação com a Confraria, a respetiva reabilitação e requalificação.

Para tal propósito cremos tornar-se:

Desde já – Promover a abertura dos WC´s junto à Capela de Sto. Isidoro, que se encontram encerrados, e também aprimorar a limpeza das áreas ajardinadas e dos trilhos, que se encontram com muitas folhas e mato seco, bem como com muito lixo depositado no chão. – Cumprir a limpeza das áreas de lazer nomeadamente nas imediações da Capela e junto às mesas dos piqueniques, locais onde o lixo se acumula um pouco por toda a parte, seja nas mesas, no chão, nos próprios caixotes do lixo que se encontram sempre cheios.

A médio prazo – Limpeza dos grafitis na fachada da Muralha da Igreja e nas mesas dos piqueniques; – Reabilitação das mesas e bancos dos piqueniques, que encontram danificados/degradados; – Repensar a frequência da “ronda” dos camiões do lixo à infraestrutura para recolha de resíduos,

Investimentos importantes a médio prazo – Reabilitação completa de todo o Complexo Desportivo que se encontra bastante degradado e vandalizado (campo, balneários, bancadas e iluminação). – Colocação de iluminação pública especialmente nos locais de piqueniques e seus acessos.

O nosso intuito é a potenciação do Monte Crasto, não se perdendo o CDS em acertar ou dirigir críticas particulares ao atual executivo municipal. Visamos especialmente, alertar a autarquia para a premência da dinamização de tão importante ativo e para a necessária qualidade com que deve ser disponibilizado à população gondomarense.

, ,