Sabe escolher o bikini perfeito?

O verão está aí mesmo á porta e quem ainda não foi, com certeza deve de estar para ir à praia. Na praia a roupa é pouca, mas não é motivo para descuidarmos da nossa imagem. A escolha certa do bikini pode fazer verdadeiros milagres pela nossa silhueta. Para a ajudar a escolher o bikini certo para si, vou dar-lhe algumas dicas úteis.

Antes de escolher o seu bikini, tem que saber qual o seu tipo de corpo, ou melhor que isso, tem que saber que parte quer realçar ou esconder.

Se tiver o peito grande opte por uma parte de cima que lhe dê um bom apoio, de preferência com arco e alças. Esqueça de todo o famoso caicai e o bikini em triângulo. Se o seu peito for pequeno pode realçá-lo com um modelo almofadado. Os almofadados em forma de triângulo são ótimos para este caso. Os caicais nem sempre ficam bem para quem tem o peito mesmo muito pequeno, pois pode achatar ainda mais. Se quiser optar por um caicai, experimente vários modelos até encontrar um que lhe assente na perfeição. A nível de cores, se quiser realçar o peito, opte por tons mais claros e abertos e por padrões grandes. Pode também escolher um modelo com franjas. Se pelo contrário, quiser esconder o peito opte por tons mais escuros e fechados, de preferência sem padrão.

Ao escolher a parte de baixo, se a sua intenção for disfarçar o volume da anca, tenha em atenção que os detalhes, como por exemplo os lacinhos, vão dar ainda mais volume. Opte por modelos simples, de preferência com a tira lateral mais grossa. Se pelo contrário, quiser realçar a anca, use e abuse dos detalhes e padrões nessa zona. Opte por cores mais claras e abertas do que as cores que usar na parte de cima. Se optar por usar um bikini branco, tenha em atenção se este tem forro, para não ficar transparente depois de ir á água.

Lembre-se que não tem que usar as partes do mesmo conjunto para estar perfeita. Divirta-se a conjugar diferentes modelos. Tenha em atenção às cores para haver sempre uma harmonia entre o conjunto escolhido.

Sinta-se confiante no seu bikini, pois no final o que importa é sentir-se bem.

,