Sim, é verdade…

É verdade que finalizei a minha colaboração com o Hospital Escola (HE) de Gondomar, projeto que ajudei a criar, a lançar e mesmo a liderar a equipa médica que deu o arranque fundamental, para que o Hospital fosse uma realidade.
O HE, propriedade da Fundação e da Universidade com quem colaboro há cerca de 10 anos, é um projeto único e grandioso, mas que agora, após o difícil período de arranque, em que foi difícil colocar toda a dinâmica em funcionamento, precisa mais de outras colaborações do que de mim. Foi o meu grupo que levou os primeiros pacientes, fomos nós que operamos os primeiros doentes, ultrapassando em muito a centena de pacientes operados e internados, não só de Gondomar como de todo o pais e mesmo do estrangeiro. Aqui mesmo neste espaço de opinião, deste jornal, testemunhei o interesse de uma obra destas para o concelho de Gondomar, não só na assistência médica, como também no ensino medico pós graduado e investigação cientifica. Está na hora de passar o testemunho, de acordo com quem lidera o processo.
Chegou agora a altura de criar outro projeto de saúde, este mais ligado à minha cidade de Rio Tinto, com a criação de uma Clínica que tem a colaboração do prestigiado Grupo HPP, Hospitais Privados de Portugal, uma mais valia para a população da cidade de Rio Tinto e arredores, numa lógica de expansão do Consultório médico que criei há mais de 25 anos, dando continuidade a assistência de muitos pacientes que ao longo destes anos nos procuraram. Uma parceria destas irá certamente alargar o grau e a quantidade de especialidades médicas e de tecnologia médica, num Serviço que tem a chancela de qualidade da Joint Comission Internacional. Localizada num dos locais mais centrais da cidade de Rio Tinto, o Largo da Igreja, atualmente identificado com o Largo do Mosteiro, será certamente uma referência na assistência médica de Rio Tinto, que já contacta com várias clínicas médicas de qualidade nos mais variados polos, desde o cruzeiro, venda nova, estacão e Baguim do Monte, fechando deste modo um círculo em benefício das populações onde se inserem. Está na hora de descentralizar, assim entendeu o grupo que desde há pouco tempo lidera o grupo HPP, aproximando as populações da excelência de assistência médica e não o contrário.
Sim é verdade, estamos na hora de mudança, mudança essa que em breve se concretiza no ato eleitoral, e como diz o povo “quem muda, Deus ajuda…” assim o espero, que seja para melhor, não falta motivação aos candidatos, para que o destino da nossa terra seja melhor, do que o do país, que parece difícil, na rota em que nos encontramos…
Até breve….

,