Temas de Verão

Escolhi para este artigo três assuntos que me parecem ser da maior importância e que nos devem fazer refletir.
Gaza: “Não é uma guerra, não é um conflito, é um massacre”
“Israel sabe que os três adolescentes, raptados em condições desconhecidas, estão mortos e mesmo assim utiliza esse pretexto para desencadear mais um ataque, num momento particular em que a reconciliação entre a Fatah e o Hamas e a construção de um governo de unidade nacional pressiona o governo israelita a negociar”.
A desigualdade no número de baixas mortais de cada lado é enorme e estão já contabilizadas mais de 1600 vítimas do lado da Palestina, na sua maioria civis. O número de mulheres e crianças mortas é assustador, o poderio militar de Israel deixa à vista a continuação de uma ocupação que resulta no isolamento e dominação de um povo que luta há décadas pelo seu direito soberano a existir e resistir.
Por todo o mundo têm havido manifestações de solidariedade com o povo palestino.  É preciso parar com este genocídio!
O escândalo continua. Há muito que o Bloco de Esquerda vem denunciando o buraco do BES. As denúncias feitas por nós, levaram mesmo Ricardo Salgado a ameaçar-nos de difamar o seu banco.
O BES é um escândalo, é um buraco financeiro gigantesco e tem tudo para ser um BPN cinco vezes maior, se deixarmos.
Temos a supervisão mais pitosga de que há memória. O Banco de Portugal continua tão perspicaz como no tempo do BPN. Ainda há uns meses atrás dizia que estava tudo bem, não vê o BCP, não vê BPP, não viu o BPN e não viu o BES.
Não aceitamos que mais uma vez sejam os mesmos a apagar os desvaneios da alta finança da banca portuguesa
A luta dos trabalhadores é a nossa luta
A destruição  de todo o serviço público é a meta do governo do PSD/CDS.
A destruição dos STCP ilumina também o ideário do ministro do CDS, Pires de Lima. A fusão com a Metro e a Concessão/Privatização são o caminho escolhido para a destruição da rede pública de transportes.
Por isso é nosso dever estar ao lado dos trabalhadores e dizer-lhes: Vamos lutar contra a privatização dos transportes!
, ,